Tocantins

Jovens presos por latrocínio enterraram corpo de vítima numa cova rasa em Gurupi

Segundo a polícia, um dos jovens afirmou que estava sendo ameaçado pela vítima.

Por Redação 725
Comentários (0)

10/05/2019 08h45 - Atualizado há 4 meses
Suspeitos presos

Dois jovens, de 19 e 23 anos, são suspeitos de matar e enterrar um homem numa cova rasa em Gurupi, sul do Tocantins. Eles foram presos por volta das 18h desta quinta-feira (09).

Segundo o delegado Hélio Domingos, o filho da vítima procurou a Central de Atendimento da polícia no final da manhã desta quinta-feira relatando o desaparecimento do pai e sinais de violência na sua residência.

A Polícia Militar acionou os trabalhos de perícia criminal em local de crime e também as equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que acompanharam a coleta de provas periciais e já iniciaram as diligências investigativas para apurar a ocorrência de crime e indícios de possíveis autores”, ressaltou o delegado.

A residência da vítima apresentava vestígios de violência, com traços de sangue em paredes. “No início das diligências, várias linhas de investigação foram levantadas, como homicídio, latrocínio ou sequestro. Os policiais civis descobriram depois que dois veículos estiveram no local, na noite anterior, e um deles também continha vestígios de sangue e objetos subtraídos do imóvel”, frisou Hélio Domingos.

Os supostos autores foram ouvidos e indicaram dois locais de suposta desova do corpo. Num dos endereços que apresentavam vestígios do corpo e da cova foram encontrados os restos mortais do homem.

Segundo o relato dos jovens, a vítima estaria ameaçando um deles de morte. Os dois foram autuados por latrocínio.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.