Kátia chama João Oliveira de canalha e traidor ao receber convite para enganar Siqueira Campos

Por Redação AF
Comentários (0)

30/09/2013 16h13 - Atualizado há 1 semana
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size: 14px;">A senadora K&aacute;tia Abreu perdeu as estribeiras na noite deste domingo (29) durante uma visita ao apartamento do vice-governador Jo&atilde;o Oliveira. Segundo ela, a visita aconteceu a convite do pr&oacute;prio Oliveira que tamb&eacute;m lhe prop&ocirc;s um plano para enganar Siqueira Campos e tir&aacute;-lo do poder.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">Conforme o T1 Not&iacute;cias, ap&oacute;s o epis&oacute;dio a senadora K&aacute;tia Abreu dissolveu o comando do PSD no Estado e est&aacute; assumindo a presid&ecirc;ncia, numa nova comiss&atilde;o provis&oacute;ria a ser institu&iacute;da nesta segunda-feira, 30, pelo presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab.<br /> <br /> Na visita K&aacute;tia estava acompanhada do deputado Iraj&aacute; Abreu. &ldquo;Ele [Jo&atilde;o Oliveira] nos disse que estava deixando o partido porque esta &eacute; uma exig&ecirc;ncia do governador. O Iraj&aacute; respondeu a ele que os pap&eacute;is estavam invertidos. Quem tinha o que exigir era ele, Jo&atilde;o, j&aacute; que sem ele, o governador n&atilde;o teria condi&ccedil;&otilde;es de lan&ccedil;ar o filho [Eduardo] como candidato a sua sucess&atilde;o&rdquo;, conta a senadora.<br /> <br /> Ainda de acordo com o T1 Not&iacute;cias, em resposta a Iraj&aacute;, Oliveira teria dito que n&atilde;o poderia abrir m&atilde;o de um acordo que inclui nove meses na condi&ccedil;&atilde;o de governador do Estado. &ldquo;Ele me disse com todas as letras que esta &eacute; a chance que ele tem de arrumar sua vida&rdquo;, contou a senadora, bastante decepcionada.<br /> <br /> &ldquo;Ele me prop&ocirc;s ainda escandalosamente que n&oacute;s mont&aacute;ssemos uma farsa. Que assim que ele assumisse o governo ele saberia o que fazer&rdquo;, disse.<br /> <br /> K&aacute;tia Abreu afirma que teve que ouvir calada at&eacute; ter a assinatura de desfilia&ccedil;&atilde;o em m&atilde;os. Neste momento, come&ccedil;ou a discuss&atilde;o. &ldquo;N&oacute;s nos levantamos e eu o chamei de canalha, de traidor. Disse a ele que a vaga de vice governador n&atilde;o &eacute; dele, mas do PSD&rdquo;, relata.<br /> <br /> &ldquo;Eu disse a ele que n&atilde;o sou mulher de farsas, de meias palavras. N&atilde;o me presto a isto&rdquo;, reagiu a senadora diante da proposta de fazer um teatro para enganar Siqueira at&eacute; abril do ano que vem.<br /> <br /> Neste momento Iraj&aacute; Abreu teria subido o tom e chamado Oliveira de &ldquo;Judas e traidor&rdquo;.<br /> <br /> Em seguida Oliveira teria, numa rea&ccedil;&atilde;o violenta, tentado agredir Iraj&aacute;, sendo impedido pelo seu filho, que chegou durante a confus&atilde;o.<br /> <br /> &ldquo;O que eu disse a ele e repito &eacute; que o que o futuro reserva aos traidores, o passado j&aacute; contou. Isso &eacute; tudo&quot;, finalizou. <em>(Com informa&ccedil;&otilde;es do T1 Not&iacute;cias)</em></span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.