Tobasa

Maior fábrica de carvão ativado do Brasil está no norte do Tocantins, projeto pioneiro e inovador

Além da bioindústria, secretário visitou empreendimento do ramo de nutrição animal e abatedouro de frangos.

Por Redação 1.752
Comentários (0)

24/01/2020 09h32 - Atualizado há 4 anos
Visita ocorreu na última quarta-feira, 22

O Governo do Tocantins quer conhecer de perto o desenvolvimento industrial da região norte do Estado. Com esse propósito, na última quarta-feira (22), o secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Tom Lyra, visitou um projeto pioneiro e inovador no Bico do Papagaio, a Tobasa, bioindústria que utiliza o coco babaçu como matéria-prima para a produção de carvão ativado.

Na ocasião, o coordenador administrativo da empresa, Requena Junior, recebeu o chefe da pasta e apresentou o processo de transformação do produto, destacando a relevante função social desempenhada pela empresa.

Desde sua criação, o fundador era inconformado em utilizar somente 4% do coco babaçu, pois trabalhávamos apenas com o óleo. Hoje, o aproveitamos em sua integralidade. Dessa forma, conseguimos movimentar toda a cadeia produtiva, envolvendo mais de 1.500 famílias extrativistas do Estado, através das cooperativas”, explicou Requena.

Sustentabilidade  

Inserido na região Amazônica, o Tocantins se destaca pela grande quantidade de palmeiras de coco babaçu. Para garantir a valorização e conscientização das famílias extrativistas, a empresa desenvolveu uma logística sustentável na cadeia de fornecimento. Além disso, as cooperativas recebem pagamento adiantado da matéria-prima, valorizando, dessa forma, a mão de obra local.

Potencial elétrico

O processo industrial de transformação do produto não precisa de aporte externo de energia. Segundo Leonardo Arruda, engenheiro de materiais empresa, “a própria produção do carvão ativado gera energia suficiente para atender toda a demanda e ainda produz um excedente, que é queimado no flare. Logo, existe um projeto para que esta energia térmica seja transformada em elétrica. Estamos em busca de investidores”.

De acordo com Tom Lyra, o Governo do Tocantins trabalha para prospectar estes investimentos. “Levarei esta proposta ao governador Mauro Carlesse e faremos uma reunião com a equipe técnica a fim de apresentar o projeto a potenciais investidores”, esclareceu o gestor.

Desenvolvimento industrial do norte do Tocantins     

Nutrição Animal

Ainda na cidade de Tocantinópolis, Tom Lyra visitou a Agronorte, indústria especializada no ramo de nutrição animal. Para o fundador da empresa, Gilmar Gonçalves, a visita do Secretário tem muita importância, principalmente no que diz respeito aos investimentos na região.

Acreditamos e investimos muito no Estado do Tocantins. Estamos satisfeitos em receber esta atenção do Governo ao Bico do Papagaio”, afirmou.

Abatedouro de frango 

Já na cidade de Aguiarnópolis, a visita se deu na sede do Grupo Americano, especializado no abate industrial de frangos. A empresa atende os mercados das regiões norte e nordeste do Brasil e, no exterior, exportam para países como Hong Kong, Japão e Tailândia.

Davy Kudo, gerente de unidade, parabenizou a ação e acrescentou: “Somos uma empresa com atividade produtiva em franca expansão. O potencial logístico da região permite que a dinâmica do nosso mercado seja otimizada. As parcerias público-privadas contribuem para que possamos colaborar ainda mais com o desenvolvimento econômico do Estado”, afirmou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.