Taguatinga

Mais uma greve é deflagrada por falta de acordo sobre reajuste salarial de professores

 Paralisação inicia a partir da sexta-feira, 27.

Por Redação 1.146
Comentários (0)

23/05/2022 14h31 - Atualizado há 2 meses
Assembleia ocorreu no dia 19

Sem acordo sobre o reajuste do piso do magistério, os profissionais da educação da rede municipal de ensino de Taguatinga, no sudeste do Tocantins, deflagraram greve por tempo indeterminado, a partir da próxima sexta-feira (27).

A greve foi deliberada em assembleia realizada na quinta-feira (19). Em respeito à lei da greve geral (n° 7.783/1989), a categoria deve cumprir o prazo de 72 horas após a comunicação à prefeitura para iniciar a greve.

O prefeito de Taguatinga, Paulo Roberto Ribeiro, foi comunicado através de ofício na manhã desta segunda-feira (23) sobre a deflagração do movimento paredista no município, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet).

“Desde de o mês de janeiro, mês base para o cumprimento do reajuste, que buscamos o diálogo sobre essa demanda. Várias orientações já foram feitas acerca do cumprimento da lei do piso. Até o momento o que temos são morosidade, protelações e desinteresse da gestão em resolver a imensa desigualdade salarial da categoria, que busca apenas o cumprimento da lei e melhor qualidade de vida para suas famílias”, disse o presidente do Sintet Regional de Dianópolis, Jailton Pereira.

Sobre o piso do magistério

Em 4 de fevereiro de 2022, por meio da Portaria nº 67 do Ministério da Educação, foi oficializado o reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) do Magistério no percentual de 33,24%. O valor agora é de R$ 3.845,63.

Em Tupiratins, professores vão receber reajuste do piso de 33,24% no pagamento de maio

Professores da rede municipal de Tupiratins vão receber o reajuste do piso do magistério de 2022 no pagamento do mês de maio.  O índice de 33,24% será aplicado em todos os níveis da carreira para todos os professores.

O acordo sobre a pauta aconteceu na última quinta-feira (19), na Câmara de vereadores de Tupiratins, onde dirigentes do Sintet Regional de Colinas participaram de uma reunião com a gestão municipal, vereadores e a categoria para tratar do reajuste do piso para o ano de 2022.

Segundo a presidente do Sintet Regional de Colinas, Alexandra Machado, desde o início a prefeita Filomena recebeu o sindicato com respeito para a construção da pauta, de forma harmoniosa, sempre apresentando a realidade dos recursos da educação.

“Foi uma construção harmoniosa construída com a gestão. Os professores de Tupiratins estão em festa, e nós nos alegramos com essa conquista feita com muita cordialidade com a Prefeita Filomena”, disse Alexandra.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.