TO-PA

Ministro Tarcísio cita ponte de Xambioá como um marco no desenvolvimento da região

Ponte vai beneficiar diretamente 500 mil pessoas, avalia ministro.

Por Redação 1.247
Comentários (0)

22/03/2022 17h33 - Atualizado há 3 meses
Ponte de Xambioá, entre Tocantins e Pará

Futura ligação rodoviária entre os estados do Tocantins e Pará, a ponte sobre o Rio Araguaia, em Xambioá (TO), vai beneficiar diretamente 500 mil pessoas e ajudar no desenvolvimento econômico de toda a região.

Executada pelo Governo Federal, a obra tem 1,7 mil metros de extensão e foi vistoriada nesta terça-feira (22) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Importante eixo de interligação entre Tocantins e Pará, na BR-153/PA/TO, o empreendimento é um dos mais relevantes do Ministério da Infraestrutura (Minfra). O empreendimento é uma demanda antiga da população dos dois estados e será a maior ponte de Tocantins. O custo estimado da obra é de R$ 193,1 milhões e até o momento foram executados R$ 94,5 milhões.

Na fase atual da obra, já foram executados 73% das fundações e blocos, 66% dos pilares e travessias e 22% das vigas e lajes. “Esta obra iniciada no governo Bolsonaro vai beneficiar diretamente uma região muito importante do Brasil, que agora poderá fazer em minutos uma travessia que antes só era possível de balsa, pagando até R$ 300”, disse o ministro da Infraestrutura.

Desenvolvimento

Xambioá fica na margem direita do Rio Araguaia, e seu nome vem de um termo indígena que significa pássaro veloz. Já São Geraldo do Araguaia está localizada à esquerda do rio. O empreendimento eliminará a travessia por balsa e possibilita mais segurança, redução de fretes, menor tempo de viagem e melhores condições de trafegabilidade na região.

Além da segurança, a ponte vai estimular o desenvolvimento econômico da região, com um melhor escoamento da produção de bens, diminuição dos custos no transporte de cargas. A ligação vai permitir também acesso mais rápido à BR-010, fundamental para ligar a região Norte, em especial o sudeste do Pará, ao Centro-Sul do país.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.