Em Colmeia

Moradores aprovam implantação do 22º Colégio Militar em município do Tocantins

Em Colmeia, metodologia será implantada na Escola Estadual Ary Ribeiro Valadão Filho.

Por Redação
Comentários (0)

26/06/2021 09h50 - Atualizado há 3 meses
Alunos de colégio militar

O Governo do Tocantins realizou consulta pública com os moradores do município de Colmeia para implantação da metodologia militar na Escola Estadual Ary Ribeiro Valadão Filho.

A consulta ocorreu nesta sexta-feira (25), por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e da Polícia Militar (PM/TO). A implantação foi aprovada por unanimidade.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, destacou a importância da pluralidade na rede estadual de ensino. "A implantação da metodologia dos colégios militares na nossa rede segue a estratégia de garantir o acesso plural dos estudantes à educação e em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Essa é a 22ª unidade de ensino a receber a implantação, seguindo todo um planejamento e reforçando nossa parceria - Educação e Polícia Militar", frisou.

Representando o comandante-geral da Polícia Militar do Tocantins, o coronel Júlio Manoel da Silva Neto, a tenente-coronel Sueli Ferreira dos Santos Viseu destacou a importância do trabalho conjunto entre a PM e a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes.

"Nessa nossa parceria com a Educação, nós atuamos para fortalecer o trabalho que já vem sendo desenvolvido nas escolas, trabalhando a disciplina, alinhada com a metodologia da rede. Tem sido muito produtiva essa nossa parceria", explicou.

O professor de Língua Inglesa Ioné Alves Barbosa atua na unidade de ensino desde 2010 e, para ele, os estudantes do município já ansiavam por essa metodologia. "Pelo conhecimento do sistema que foi implantado em algumas escolas e por alguns alunos da nossa cidade estarem saindo para a cidade de Guaraí, a implantação na nossa escola é muito bem-vinda, pois trabalha no aluno o respeito no âmbito social e na unidade escolar", pontuou.

A agente de endemias Lenir Alves Gomes da Cruz participou da reunião, acompanhada pelo filho Artur Alves da Cruz, que é aluno do 6° ano do ensino fundamental. Ela destacou que está confiante na mudança. "Eu acredito que é uma coisa boa que vai acrescentar. Eu acredito que para o aluno estar na escola militar ele precisa se adequar à disciplina, desenvolvendo respeito. Melhora na escola, melhora em casa", comemorou.

Já Artur Alves da Cruz contou que está há um ano na escola e que a novidade lhe agradou muito. "Eu me considero um aluno dedicado, mas quero melhorar ainda mais, e essa mudança vai me ajudar. É uma honra ter uma escola militar em nossa cidade, e poder estudar nela é uma grande oportunidade", ressaltou.

Colégios Militares

O Tocantins passa a contar com 22 Colégios Militares, distribuídos nos seguintes municípios:

  • Araguaína
  • Arraias
  • Araguatins
  • Augustinópolis
  • Colinas
  • Dianópolis
  • Taguatinga
  • Alvorada
  • Gurupi
  • Palmeirópolis
  • Guaraí
  • Miracema
  • Palmas
  • Cristalândia
  • Paraíso
  • Porto Nacional
  • Pindorama
  • Aliança do Tocantins e
  • Colinas do Tocantins

Além dos Colégios Militares, o Tocantins possui cinco unidades de ensino do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, distribuídas nos seguintes municípios:

  • Palmas (unidades)
  • Gurupi
  • Paraíso do Tocantins e
  • Formoso do Araguaia

Unidade de ensino

 Atualmente, a Escola Estadual Ary Ribeiro Valadão Filho funciona nos turnos matutino e vespertino, oferecendo a modalidade de Ensino Fundamental, anos finais (6º ao 9º ano), atendendo 290 alunos, sendo 197 no turno  matutino e 93 no turno vespertino.

As informações são do Governo do Tocantins.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.