Morte do arquiteto Oscar Niemeyer repercute na imprensa internacional

Por Redação AF
Comentários (0)

06/12/2012 09h16 - Atualizado há 1 mês
<div style="text-align: justify;"> <span style="font-size:14px;">Jornais do mundo inteiro repercutiram nesta quarta-feira a morte do arquiteto Oscar Niemeyer, considerado um dos nomes mais influentes da arquitetura moderna mundial. Niemeyer morreu de infec&ccedil;&atilde;o respirat&oacute;ria &agrave;s 21h55 desta quarta, aos 104 anos, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro.<br /> <br /> O jornal espanhol El Pa&iacute;s deu destaque &agrave; morte na capa de sua edi&ccedil;&atilde;o online com o t&iacute;tulo &quot;Morre Niemeyer, o poeta da curva&quot;. Para o peri&oacute;dico, o arquiteto foi uma das figuras mais importantes da arquitetura moderna e desenhou boa parte de Bras&iacute;lia. Tamb&eacute;m da Espanha, o jornal ABC lembrou o fato de Niemeyer ter projetado os principais edif&iacute;cios p&uacute;blicos da capital federal brasileira.<br /> <br /> O espanhol El Mundo classificou Niemeyer como &quot;&uacute;ltimo s&iacute;mbolo do s&eacute;culo XX&quot; e destacou o fato de ele ter continuado trabalhando at&eacute; o fim da vida. Para o argentino Clar&iacute;n, que o chamou de &quot;&iacute;cone da arquitetura&quot;, o brasileiro foi um dos mais emblem&aacute;ticos expoentes da arquitetura moderna do s&eacute;culo XX.<br /> <br /> O jornal americano Wall Street Journall noticiou a morte do &iacute;cone, destacando que ele misturou o &quot;modernismo com a sensibilidade tropical de seu Brasil nativo&quot;, mas tamb&eacute;m foi alvo de cr&iacute;ticas, inclusive de pessoas que trabalhavam em algumas de suas obras. O Washington Post publicou um obitu&aacute;rio em que exalta a investida &quot;ousada e dram&aacute;tica&quot; do desenho em suas obras.<br /> <br /> O The York Times chamou o arquiteto de precursor de uma nova gera&ccedil;&atilde;o que deu vaz&atilde;o &agrave; sensualidade e &agrave; liberdade de imagina&ccedil;&atilde;o com fotos da Catedral de Bras&iacute;lia e uma a&eacute;rea da cidade. A revista Time, em sua edi&ccedil;&atilde;o digital, afirmou que Niemeyer encontrou inspira&ccedil;&atilde;o nas espirais da natureza e &quot;recriou as curvas sensuais do Brasil em concreto refor&ccedil;ado e construiu a capital, Bras&iacute;lia, nos despovoados planaltos centrais como s&iacute;mbolo do futuro da na&ccedil;&atilde;o&quot;. A publica&ccedil;&atilde;o aponta que, com centenas de edif&iacute;cios seus preenchendo a paisagem brasileira, nenhum outro arquiteto teve uma liga&ccedil;&atilde;o t&atilde;o forte com seu pa&iacute;s quanto Niemeyer teve com o Brasil.<br /> <br /> O ingl&ecirc;s The Guardian tamb&eacute;m deu espa&ccedil;o &agrave; morte de Niemeyer, destacando-o como o eminente arquiteto brasileiro conhecido como &quot;o homem que construiu Bras&iacute;lia&quot;. A BBC lembrou que Oscar Niemeyer sempre foi um grande defensor dos ideais da revolu&ccedil;&atilde;o sovi&eacute;tica e se manteve fiel a suas cren&ccedil;as comunistas mesmo ap&oacute;s a queda do Muro de Berlim. . O The Financial Times lembrou que Niemeyer era comunista e ressaltou sua s&iacute;ntese sobre a vida: &#39;&#39;A vida &eacute; um suspiro, um minuto. N&oacute;s nascemos, n&oacute;s morremos&#39;&#39;.<br /> <br /> O alem&atilde;o Der Spiegel aclamou Niemeyer como grande respons&aacute;vel por cunhar o estilo moderno no Brasil. Ainda na Alemanha, o di&aacute;rio Frankfurter Allgemeine chamou o brasileiro de &quot;a estrela da arquitetura&quot;. Outro jornal alem&atilde;o, o S&uuml;ddeutsche Zeitung, traz em sua p&aacute;gina na internet uma galeria com fotos de Niemeyer e suas obras.<br /> <br /> Para o Le Monde, um dos principais jornais da Fran&ccedil;a, Niemeyer era o &#39;&#39;arquiteto da sensualidade&#39;&#39;. Na reportagem, h&aacute; duas fotografias: uma do arquiteto olhando a paisagem do Rio de Janeiro pela janela e a outra do Pal&aacute;cio da Alvorada, resid&ecirc;ncia oficial da presidenta da Rep&uacute;blica, Dilma Rousseff. Segundo a mat&eacute;ria jornal&iacute;stica, Niemeyer revolucionou a arquitetura. A Xinhua, ag&ecirc;ncia estatal de not&iacute;cias da China, publicou uma reportagem longa copilando v&aacute;rias informa&ccedil;&otilde;es sobre o arquiteto. Tamb&eacute;m ressaltou a nota de pesar da presidenta Dilma Rousseff. A emissora Al Jazeera, uma das principais do mundo &aacute;rabe, definiu Niemeyer como o &#39;&#39;arquiteto futurista&#39;&#39; e lembrou seu legado com mais de 400 obras espalhadas pelo mundo.<br /> <br /> Em sua p&aacute;gina oficial no Facebook, a ONU Brasil homenageou Niemeyer, destacando que ele participou do desenvolvimento de projetos arquitet&ocirc;nicos para a constru&ccedil;&atilde;o da sede permanente das Na&ccedil;&otilde;es Unidas em Nova York. A entidade relembrou a participa&ccedil;&atilde;o do arquiteto na Confer&ecirc;ncia Rio+20 e o definiu como um &quot;ser humano que deixar&aacute; muitas saudades&quot;.</span></div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.