Coronavírus

Nova Olinda decreta situação de emergência e suspende concurso com mais de 200 vagas

Provas seriam aplicadas no dia 29 de março (domingo).

Por Redação 1.989
Comentários (0)

21/03/2020 09h16 - Atualizado há 2 meses
Nova Olinda decreta situação de emergência por causa do coronavírus

A Prefeitura de Nova Olinda, norte do Tocantins, decretou situação de emergência em razão da pandemia de coronavírus e suspendeu, por tempo indeterminado, o andamento do concurso público do município. As provas seriam aplicadas no dia 29 de março (domingo).

O concurso oferta 205 vagas para cargos de nível fundamental incompleto e completo, ensino médio, técnico e superior nas áreas de administração, serviço social, saúde e educação. Os salários vão até R$ 9,7 mil.

O resultado final do certame estava previsto para sair no dia 22 de abril, mas haverá alteração no cronograma. A banca organizadora é o Instituto de Desenvolvimento Sócio-cultural e Cidadania (Idesc).

O decreto

O decreto editado pelo prefeito José Pedro Sobrinho, nesta sexta-feira (20), também proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em todo e qualquer lugar público e estabelecimento comercial.

Proíbe a comercialização de produtos por ambulantes, trailers, carretas e similares, salvo o atendimento individual, a domicílio, em casos excepcionais, relativos a produtos alimentícios.

Também suspende o funcionamento de clubes recreativos, balneários, academias de ginástica, academias de natação, além de eventos expositivos públicos ou privados que possam ocasionar aglomeração de pessoas.

Ainda foram suspensas aglomerações de pessoas em ambientes públicos ou privados que possam ultrapassar o quantitativo de 10 pessoas, incluindo eventos, shows, confraternizações, feiras, reuniões e equivalentes.

O decreto completo pode ser encontrado aqui.

As demais informações sobre o concurso estão aqui.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.