Após décadas

Pipes perde monopólio na travessia de balsas; nova empresa começa a operar em Xambioá

A M Rodofluvial tem sede na cidade de Acará, região metropolitana de Belém (PA).

Por Conteúdo exclusivo AF Notícias 14.495
Comentários (0)

22/01/2021 17h42 - Atualizado há 1 mês
Nova empresa já começou a operar entre Xambioá (TO) e São Geraldo (PA)

A empresa Pipes perdeu o monopólio que detinha há décadas para prestar com exclusividade os serviços de travessia por balsas em vários rios do Tocantins e em outros estados. 

Uma nova empresa, a paraense M Rodofluvial Ltda, já começou a operar na travessia entre os municípios de Xambioá (TO) e São Geraldo (PA). O canal de navegação e os portos da nova prestadora de serviços já foram definidos e homologados pela Marinha do Brasil. A empresa fará a travessia inaugural neste domingo (24) e já anunciou que não haverá cobranças aos pedestres.

Detentora de uma concessão exclusiva, até então, a empresa do empresário Pedro Iran do Espírito Santo foi a única a operar por no mínimo 40 anos. A atuação da Pipes já foi alvo de questionamentos e protestos de moradores por falhas na prestação de serviços.

O termo de outorga foi concedido à empresa M Rodofluvial ainda em 2019 pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) e garante sua atuação até a conclusão da ponte sobre o Rio Araguaia, que está com as obras em ritmo acelerado.

Resolução da ANTAQ que autoriza as operações da empresa entre Xambioá e São Geraldo

Por enquanto, a Pipes está sem canal de navegação definido na rota Xambioá-São Geraldo e também sem porto no lado paraense. Segundo informações apuradas pela reportagem, o DNIT requisitou o ponto onde a balsa atracava por estar na zona de abrangência das obras da ponte.

A M Rodofluvial tem sede na cidade de Acará, região metropolitana de Belém (PA), e pertence ao empresário e prefeito daquela cidade, Pedro Paulo Gouveia Morais. 

A chegada de uma empresa concorrente na prestação dos serviços foi comemorada por moradores e motoristas da região.

VÍDEO | MORADOR DESTACA CONCORRÊNCIA

Vídeo

NOTA DA NOVA EMPRESA

"A MRODOFLUVIAL, EMPRESA BRASILEIRA DE NAVEGAÇÃO, pelo Termo de Autorização/ANTAQ nº 1.728/2019, CONFIRMA A VERACIDADE do vídeo que circula nas redes sociais. Porém, pondera que trata-se, inicialmente, de manobras operacionais no canal de tráfego definido pelo estudo de batimetria da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental para a empresa utilizar no curso dos serviços de travessia de veículos e passageiros no Rio Araguaia entre as cidades de São Geraldo do Araguaia (PA) e Xambioa (TO), ligando a BR-153, que simulam a operação do serviço de travessia fluvial, que tem data inaugural para a próxima semana.

A empresa afirma, ainda, seu compromisso com a qualidade na prestação do serviço de travessia, respeito ao usuário, ao meio ambiente e preço justo e, ainda, que não será cobrada a travessia de pedestres entre as duas cidades, respeitadas as regras de controle e segurança da navegação definidas pela Marinha do Brasil. Em momento oportuno será disponibilizada a tabela de preços e horários, bem como o endereço exato das rampas da empresa.

Pedro Paulo Gouveia Moraes - Presidente da EBN MRODOFLUVIAL LTDA"

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.