Tocantins

Polícia Civil terá reformulação salarial e concurso com muitas vagas, afirma secretário

Comissão organizadora foi nomeada em maio com prazo de 60 dias para conclusão dos trabalhos.

Por Conteúdo AF Notícias 7.446
Comentários (0)

30/06/2021 11h10 - Atualizado há 3 meses
Viatura da Polícia Civil na frente da Secretaria da Segurança Pública

A Polícia Civil do Tocantins terá uma reformulação no plano de cargos e salários e pode ter o Cebraspe como banca organizadora do próximo concurso público.

As informações foram divulgadas pelo secretário de Estado da Segurança Pública do Tocantins, Cristiano Barbosa Sampaio, em entrevista ao Direção Concursos, portal especializado na área.

É possível sim que a [banca] Cebraspe seja uma das escolhidas, já que ela foi a escolhida nos dois últimos concursos, então essa é uma possibilidade, embora a gente não tenha como assegurar que isso vá acontecer. [...] sim, é uma possibilidade de ser a Cebraspe a responsável”, afirmou.

Número de vagas

Na entrevista, o secretário disse que ainda não há definição em relação à quantidade de vagas, mas garantiu que serão muitas. “A gente tem entre 38% e 40% de todos os cargos da Polícia Civil vagos e isso permite, pela questão do número de vagas, a oferta de muitas vagas”, frisou.

Em seu perfil no Instagram, o secretário fez uma publicação afirmando que atualmente o número de cargos vagos na Polícia Civil é de 73 delegados, 57 peritos, 621 agentes, 225 escrivães, 78 pailoscopistas e 17 agentes de necrotomia.

As oportunidades para cadastro reserva devem ser maiores do que as vagas imediatas no novo concurso, segundo o secretário. “O número de vagas não deve ser exatamente pequeno, porque a gente tem necessidades imediatas, mas o cadastro reserva vai ser muito maior com a expectativa de chamá-los [os aprovados], porque a gente trabalha com o cenário de ter orçamento suficiente”, disse.

 

Cargos e salários

Cristiano Barbosa Sampaio também afirmou que o governo pretende reorganizar o plano de cargos e salários, sendo que a proposta pode ser encaminhada à Assembleia Legislativa em agosto.

“A estimativa é de que em agosto mais ou menos, isso [o novo plano de cargos e salários] possa ser encaminhado à Assembleia em forma de projeto de lei para que possa ser contemplado no orçamento do ano seguinte. Então, a gente acha que até agosto a gente tenha essa reformulação salarial na carreira e, certamente, se já é atrativa hoje, vai ficar muito melhor. Essa é a nossa expectativa”, afirmou.

60 dias para organizar

A comissão organizadora do próximo concurso público da Polícia Civil do Tocantins foi nomeada em maio deste ano. O prazo dado para conclusão dos trabalhos é de 60 dias.

Veja mais 

A entrevista do secretário está disponível aqui

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.