Investigação

Polícia identifica 16 candidatos que receberam gabarito não oficial do concurso da PM

As provas do concurso foram realizadas em março deste ano e o líder da fraude já foi preso pela polícia.

Por Redação 1.556
Comentários (0)

12/10/2018 09h58 - Atualizado há 1 semana
O concurso da PM está suspenso

A Polícia Civil conseguiu identificar 16 candidatos que receberam o gabarito não oficial do concurso da Polícia Militar do Tocantins, realizado em março deste ano.

O inquérito que investiga a fraude foi concluído nesta semana e chegou ao total de 35 números de telefone envolvidos no esquema. Eles vão responder por associação criminosa e fraude em concurso público. 

A origem de outros 19 números ainda é desconhecida, pois estavam cadastrados em nome de terceiros que não tiveram envolvimento com a fraude.

As investigações tiveram início após a apreensão de um aparelho celular encontrado no banheiro  de um dos locais de prova em Araguaína, norte do Estado, conforme revelado com exclusividade pelo AF Notícias

Em decorrência desse fato, a Polícia Civil deflagrou a Operação Ateleia, em 21 de junho, nos Estados do Tocantins, Maranhão e Piauí.

Ao todo, 14 pessoas foram presas, entre elas Antônio Ferreira Lima Sobrinho, conhecido pela alcunha de 'Antônio Concurseiro’, o mentor da fraude.

Em julho, o MPE divulgou que apurava irregularidades do concurso e expediu recomendação ao governador Mauro Carlesse (PHS) para manter o certame suspenso.

Em setembro deste ano, o MPE instaurou um inquérito para investigar a apreensão de outro aparelho celular em uma das salas de aula do Colégio Darcy Ribeiro, em Palmas, no dia da aplicação das provas, fato mantido sob sigilo até ser revelado com exclusividade pelo AF Notícias.

Além dessas investigações, o MPE ainda apura o rompimento do lacre de um dos envelopes de provas na cidade de Arraias, no sul do Tocantins.

A SUSPENSÃO

O concurso da PM do Tocantins foi suspenso ainda em março deste ano, mês da aplicação das provas, por determinação do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ), após o então governador Marcelo Miranda (MDB) ter o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O concurso continua suspenso e não tem previsão para ser retomado. O certame oferta 1.00 vagas para soldado e 40 para oficial. 

Comentários (0)

Mais Notícias

Rota do Ouro

Polícia Federal investiga mercado ilegal do ouro no Tocantins e fecha garimpo

O ouro extraído de forma ilegal tem como destino São Paulo e o exterior.

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.