Veja locais

Ponte em avenida movimentada de Araguaína é demolida para dar lugar à Via Norte

A ponte da Avenida Cônego João Lima deve ser demolida no final de agosto.

Por Redação 1.666
Comentários (0)

29/07/2021 10h14 - Atualizado há 1 mês
Desvios

Com prazo de conclusão até o final deste ano, as obras da primeira etapa da Via Norte seguem em ritmo acelerado. A implantação da canalização dos córregos Neblina e Canindé vai dando forma à área por onde passará a via que ligará o Centro ao Parque Cimba.

Nesta quinta e sexta-feira, dias 29 e 30, estão ocorrendo a demolição das pontes da Avenida Castelo Branco, que é uma via bastante movimentada, e na Rua das Mangueiras.

O planejamento das demolições foi dividido em etapas, condicionando cada nova demolição à trafegabilidade das ruas das etapas anteriores, permitindo a fluidez do trânsito. Já foram demolidas as pontes das ruas 21 de Abril, Araguaia, Porto Alegre, 25 de Dezembro, Ademar Vicente Ferreira e Sousa Porto.

Com mais estas duas demolições, as intervenções ficam mais próximas de serem concluídas, restando apenas a ponte da Avenida Cônego João Lima, com remoção prevista para o final de agosto.

Rotas alternativas

Um desvio pela Bacia de Contenção está liberado devido à demolição da ponte da Avenida Castelo Branco. O intuito é evitar o congestionamento em outras vias próximas, como a Rua Sousa Porto.

A normalização do tráfego nos locais deve ocorrer no prazo de 60 dias. Todo o trecho interditado será sinalizado recebendo informações das rotas de desvio do tráfego.

Quem vem pela Rua das Mangueiras ou Rua das Palmeiras terá que seguir na Rua das Palmeiras até a Rua Santa Cruz, virando na Alfredo Nasser, depois na 15 de Novembro, e por fim na Rua Canindé, retornando assim à Rua das Mangueiras, no trecho após a ponte.

Águas de Araguaína

Além da implantação da Via Norte, o Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína contempla uma série de obras de infraestrutura nos bairros, totalizando um investimento de mais de R$ 350 milhões e beneficiando à população de mais de 30 bairros, com financiamento obtido por meio do Banco de Desenvolvimento da América Latina – Corporação Andina de Fomento (CAF).

Com a drenagem e pavimentação dos bairros, o projeto prevê ainda a criação de bacias de detenção da água das chuvas para evitar futuros alagamentos e vários pontos de área verde com a implantação dos parques: Nascentes do Neblina, São Miguel e Raizal, garantindo a preservação dos córregos Neblina, Jacuba e do Rio Lontra.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.