Projeto de proteção às ariranhas atrai TV japonesa

Por Redação AF
Comentários (0)

04/10/2012 11h24 - Atualizado há 1 ano
<div class="conteudo"> <p> <span style="font-size:14px;">O projeto de prote&ccedil;&atilde;o &agrave;s ariranhas (Pteronura brasiliensise), desenvolvido no PEC - Parque Estadual do Cant&atilde;o, atraiu uma emissora de televis&atilde;o do Jap&atilde;o para produ&ccedil;&atilde;o de um document&aacute;rio sobre o mam&iacute;fero. Na tarde desta quarta-feira, 3, &agrave;s 15h, uma equipe composta por representantes da empresa paulista Welcome Produ&ccedil;&otilde;es e da emissora estatal do Jap&atilde;o NHK &ndash; Nippon Hoso Jyoka re&uacute;nem-se na sede do Naturatins &ndash; Instituto Natureza do Tocantins para assinatura do Termo de Compromisso oficializando a autoriza&ccedil;&atilde;o para produ&ccedil;&atilde;o do document&aacute;rio.</span></p> <p> <span style="font-size:14px;">O projeto de prote&ccedil;&atilde;o e monitoramento da ariranha &eacute; um trabalho desenvolvido pelo Instituto Araguaia, em parceria com o Naturatins, por meio da equipe do PEC e a comunidade local, no sentido de impedir a pesca e a ca&ccedil;a ilegal no interior do parque. Segundo o projeto, apresentado ao &oacute;rg&atilde;o em outubro do ano passado pelos respons&aacute;veis pelo Instituto Araguaia Silvana Campello e George Georgiadis, sem as pr&aacute;ticas da pesca e ca&ccedil;a ilegal, os rios e lagos do Cant&atilde;o voltaram a ser repletos de peixes e, com isso, observou-se um aumento da popula&ccedil;&atilde;o de ariranhas no Cant&atilde;o.</span></p> <p> <span style="font-size:14px;">As grava&ccedil;&otilde;es est&atilde;o agendadas para acontecer entre os dias 4 de outubro e 26 de novembro, e contar&atilde;o tamb&eacute;m com o apoio do Instituto Araguaia. O programa &eacute; exibido semanalmente, denominado &ldquo;Darwin ga kita&rdquo; e veiculado do territ&oacute;rio japon&ecirc;s aos domingos, a partir das 19h.</span></p> <p> <span style="font-size:14px;"><strong>Ariranha</strong></span></p> <p> <span style="font-size:14px;">A ariranha, conhecida tamb&eacute;m como on&ccedil;a-d&#39;&aacute;gua, lontra-gigante e lobo-do-rio, &eacute; um mam&iacute;fero mustel&iacute;deo, caracter&iacute;stico do Pantanal e da bacia do Rio Amazonas, na Am&eacute;rica do Sul. Atualmente, encontra-se extinta em 80% de sua distribui&ccedil;&atilde;o original, sendo que a principal amea&ccedil;a &agrave; sua sobreviv&ecirc;ncia &eacute; o desmatamento e destrui&ccedil;&atilde;o do seu habitat. No Brasil, os principais santu&aacute;rios conhecidos da ariranha s&atilde;o os rios Negro e Aquidauana, no Pantanal, e o m&eacute;dio Rio Araguaia, em especial o Parque Estadual do Cant&atilde;o, com seus 843 lagos. <em>(Assessoria)</em></span></p> </div>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.