Secretário de Saúde não resolve crise e pede exoneração; Governo nomeia o 8º em quatro anos

Por Redação AF
Comentários (0)

25/11/2014 10h08 - Atualizado há 2 meses
<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br /> <br /> O resultado de uma crise intermin&aacute;vel na sa&uacute;de p&uacute;blica do Tocantins. No total, sete secret&aacute;rios j&aacute; passaram pelo comando da pasta desde o in&iacute;cio da atual gest&atilde;o, em 2011. O oitavo foi nomeado nesta segunda-feira (24) pelo governador Sandoval Cardoso no lugar de Luiz Ant&ocirc;nio Ferreira, que pediu exonera&ccedil;&atilde;o ap&oacute;s sete meses, alegando &quot;motivos pessoais&quot;.<br /> <br /> M&aacute;rcio Carvalho da Silva Correia ficar&aacute; com a miss&atilde;o de conduzir a sa&uacute;de at&eacute; o dia 31 de dezembro. Ele exercia o cargo de Subsecret&aacute;rio para Implanta&ccedil;&atilde;o de Sub-Regi&atilde;o Administrativa, da Secretaria do Planejamento e da Moderniza&ccedil;&atilde;o da Gest&atilde;o P&uacute;blica.<br /> <br /> Apesar de pedir exonera&ccedil;&atilde;o, Luiz Ant&ocirc;nio, que &eacute; cirurgi&atilde;o dentista concursado, ficar&aacute; lotado no gabinete do secret&aacute;rio, conforme portaria.<br /> <br /> Em nota, o ex-gestor agradeceu o governador, os servidores e disse que&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">continuar&aacute; a trabalhar na Secretaria apoiando o novo secret&aacute;rio e o novo Governador do Estado, Marcelo Miranda (PMDB).<br /> <br /> <u><strong>Crise: 8 secret&aacute;rios exonerados</strong></u></span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">A sa&uacute;de p&uacute;blica tem sido alvo frequente de den&uacute;ncias dos &oacute;rg&atilde;os de fiscaliza&ccedil;&atilde;o, como os Minist&eacute;rios P&uacute;blicos Estadual, Federal e a Defensoria P&uacute;blica Estadual por causa do desabastecimento constante de medicamentos, falta de materiais para cirurgia e insumos por n&atilde;o pagar fornecedores. Diante da crise, a pris&atilde;o de Luiz Ant&ocirc;nio chegou a ser pedida pelo MPE, MPF e DPE, mas foi negada pela Justi&ccedil;a.<br /> <br /> Desde 2011, quando se iniciou o mandato do governador Siqueira Campos, j&aacute; passaram pelo comando da Sesau oito secret&aacute;rios: Arnaldo Nunes, Raimundo Boi, Jos&eacute; Gast&atilde;o Almada, Nicolau Esteves, Luiz Fernando Freesz, Vanda Paiva, Luiz Ant&ocirc;nio e agora Marcio Carvalho.<br /> <br /> <u><strong>Seagro</strong></u><br /> <br /> O Secret&aacute;rio da Agricultura e Pecu&aacute;ria, Junior Marzola, tamb&eacute;m pediu exonera&ccedil;&atilde;o. Em seu lugar reassumiu Jaime Caf&eacute;, que havia se afastado do cargo para disputar uma vaga de deputado estadual.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.