Tristeza

Servidora da Defensoria morre de Covid e deixa filho com menos de um ano de vida

Simone ingressou na Defensoria em 2012 e era lotada em Palmas.

Por Redação 2.225
Comentários (0)

19/07/2021 16h39 - Atualizado há 2 semanas
Simone Marques

Servidora da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, Simone Marques Neres, de 42 anos, morreu em razão de complicações de saúde causadas pela covid-19, neste domingo (18).

Simone é mãe do pequeno Guilherme, que ainda não completou um ano de vida. A Defensoria Pública decretou luto oficial de três dias.

Simone estava internada desde junho e seu estado de saúde se tornou mais delicado desde o último dia 29. “Ela lutou com força e fé contra a covid-19, uma luta acompanhada de perto e com muitas orações por diversos servidores da Defensoria Pública”, afirmou a instituição.  

Servidora efetiva no cargo de analista jurídico, Simone ingressou na Defensoria em 2012 e era lotada em Palmas. Antes das atividades na capital, ela havia atuado na Defensoria Pública em Porto Nacional, sua terra natal.

“Para membros, servidores, estagiários e voluntários da instituição, a perda de Simone representa a tristeza pela despedida precoce de uma colega querida, sentimento que traz, para ainda mais perto, a dor, angústia e sofrimento vividos por tantas famílias desde a pandemia”, frisou a Defensoria.

Ainda segundo a instituição, o corpo de Simone foi velado em Porto Nacional nesta segunda-feira (19).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.