Correção salarial

Sobre 1%, Carlesse promete 'reposição merecida' em breve e lembra: 17 Estados não terão data-base

Ele prometeu, em breve, fazer a reposição na medida que os servidores merecem.

Por Redação 1.200
Comentários (0)

10/10/2019 14h03 - Atualizado há 5 dias
Governador Mauro Carlesse diz que servidores merecem mais, mas não é possível

O governador Mauro Carlesse comentou a aprovação da data-base unificada em 1% para todo o funcionalismo público. Segundo ele, a aprovação do índice único reflete o "compromisso dos deputados estaduais e dos gestores de todos os Poderes e Instituições do Estado com a manutenção do enquadramento do Tocantins na Lei de Responsabilidade Fiscal".

Ainda conforme o governador, essa é uma demonstração do entendimento e da compreensão dos parlamentares e dos Poderes em relação ao momento pelo qual passa o Estado, que busca reestruturar a situação financeira para recuperar a capacidade de investir em melhorias nos serviços de saúde, educação, segurança e infraestrutura do Estado.

“Essa aprovação na Assembleia Legislativa demonstra que os deputados e os chefes de todos os Poderes estão comprometidos com a reorganização do Estado. Todos estão reduzindo despesas para manter o Tocantins enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Foi muito difícil chegar nesse enquadramento e não podemos perder essa condição. Sabemos que os nossos servidores merecem uma reposição maior, mas nesse momento não é possível. Vamos recuperar a capacidade de investimento do Estado, vamos aumentar a arrecadação, vamos continuar cortando despesas do Governo, para em breve, conseguir fazer a reposição na medida que os nossos servidores precisam e merecem”, ressalta Carlesse.

Ele disse ainda que a redução de despesas de custeio e equilíbrio das contas públicas é que têm possibilitado a manutenção do pagamento em dia dos servidores, inclusive com o retorno da quitação dos salários para todos os funcionários públicos do Executivo no dia 1º do mês.

“O Tocantins foi o primeiro Estado a se enquadrar na LRF esse ano. Estamos conseguindo pagar em dia os nossos servidores e somos um dos poucos estados que vai conceder a data-base esse ano. Pelo que sabemos, 17 estados não terão data-base em 2019, isso demonstra que todo o País vive uma situação difícil e, mesmo com todos esses problemas, estamos conseguindo cumprir, dentro na nossa realidade, esses compromissos”, finalizou o governador.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.