Operação Éris

STJ afasta toda a cúpula da Segurança Pública do Tocantins por seis meses; veja nomes

Decisão também atinge outros órgãos do estado.

Por Joselita Matos | AF Notícias 9.674
Comentários (0)

20/10/2021 15h00 - Atualizado há 3 meses
Cúpula da SSP também foi afastada.

Toda a cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Tocantins foi afastada pelo prazo de seis meses juntamente com secretário titular da pasta, Cristiano Barbosa Sampaio, que é delegado da Polícia Federal.

A decisão foi proferida pelo ministro Mauro Campbell Marques, e confirmada por unanimidade pela Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na tarde desta quarta-feira (20). 

Dentre os afastados estão a diretora-geral da Polícia Civil, o corregedor-geral da SSP e o chefe da Divisão Especializada de Repressão à Corrupção (DECOR). 

Também foram afastados o secretário executivo da SSP e o gerente do Núcleo de Inteligência do Detran-TO; além de agentes da Polícia Civil que atualmente estavam cedidos para o Ministério Público do Tocantins (MPTO).

MEGAOPERAÇÃO DA PF 

Cerca de 280 policiais federais cumpriram 57 mandados de busca e apreensão e outras 50 medidas cautelares, como afastamento do cargo, por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nas cidades de Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Minaçu (GO), Goiânia (GO), Brasília (DF) e São Paulo (SP). As operações foram batizadas de 'Éris e Hygea'.

ESQUEMAS DE CORRUPÇÃO NA SSP

Conforme a PF, a operação Éris visa desarticular o braço da organização criminosa instalado na Secretaria de Segurança Pública (SSP) suspeito de obstruir as investigações, utilizando-se de normas (decretos), aparelhamento pessoal e poder normativo e disciplinar contra os policiais envolvidos no combate à corrupção. O grupo ainda é suspeito de vazar informações de investigações em andamento aos investigados.

CONFIRA A LISTA DOS AFASTADOS:

  • Cristiano Barbosa Sampaio, secretário de Segurança Pública

  • Raimunda Bezerra de Souza, Diretora-geral da Polícia Civil

  • Cinthia Paula de Lima, Diretora da ESPOL e delegada de Polícia Civil

  • Gilberto Augusto Oliveira Silva, Chefe da Divisão Especializada de Repressão à Corrupção (DECOR) e delegado de Polícia Civil

  • Servilho Silva de Paiva, Secretário Executivo da SSP

  • Ronam Almeida Souza, Corregedor-Geral da SSP e delegado de Polícia Civil

  • Enio Walacer de Oliveira Filho, Delegado Chefe da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos

  • Vitor Vandré Sabará Ramos, Escrivão de Polícia Civil e Assessor do secretário estadual de Educação

  • José Mendes da Silva Júnior, Agente de Polícia Civil e Gerente do Núcleo de Inteligência do DETRAN-TO

  • Antônio Martins Pereira Júnior, Agente de Polícia Civil, atualmente cedido para o MPTO

  • Carlos Augusto Pereira Alves. Agente de Polícia Civil, atualmente cedido para o MPTO

  • Rudson Alves Barbosa, Gerente de Inteligência da Casa Militar e Major da Polícia Militar

Cúpula da SSP é afastada em peso

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.