PAM

Tocantins inicia atividades do programa Pátria Amada Mirim nas escolas da rede estadual de ensino

O projeto será executado por etapas até contemplar os 25 mil alunos nos 139 municípios em três anos.

Por Redação
Comentários (0)

12/11/2019 10h38 - Atualizado há 1 mês
Identificação das espécies

O Governo do Tocantins iniciou as atividades do Programa Pátria Amada Mirim (PAM) por meio de parcerias intersetoriais de órgãos estaduais. O objetivo é capacitar crianças e adolescentes da rede estadual de ensino para os desafios da sustentabilidade e formação de uma consciência cidadã por meio da educação ambiental.

Ao longo de três anos, o PAM será desenvolvido com o apoio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e de Educação, Juventude e Esportes (Seduc), do Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins), do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar do Tocantins.

Nesta terça-feira (12), a Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins apontou o trabalho de Educação Ambiental do Instituto como um dos pilares de incentivo a proteção, preservação e conservação dos recursos naturais. No primeiro encontro com os alunos da Escola Estadual Entre Rios, além do diálogo sobre o bioma cerrado, a turma também realizou uma visita de campo para identificação das árvores, flores e frutos locais.

Para Warley Carlos Rodrigues, diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins, quanto mais cedo for iniciada a conscientização ambiental de crianças e adolescentes, maiores são as chances de alcançar a formação cidadã necessária à preservação dos recursos naturais que compõem os biomas do Estado.

PAM

No dia 29 de outubro, o piloto do Programa Pátria Amada Mirim (PAM) teve início e deve alcançar cerca de 50 alunos da Escola Estadual Entre Rios. Para 2020 a estimativa é de que 5.500 crianças sejam beneficiadas em 40 municípios. Sob temas como, Cidadania e Meio Ambiente, Natureza e Sociedade, Mudanças Climáticas, o Programa se divide em duas linhas.

No PAM 1 o foco são estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental com aulas teóricas e lúdicas. Já no PAM 2 são os alunos das séries finais, com aulas teóricas e práticas em diversos espaços, incluindo viveiros. A participação acontece em horários alternados, para não interferir no turno escolar dos estudantes.

Execução

O projeto será executado por etapas até contemplar os 25 mil alunos nos 139 municípios em três anos. Em 2021, o Programa beneficiará mais de 8,5 mil participantes em mais 40 cidades, totalizando 14 mil estudantes em 80 municípios. O PAM conta com o apoio do Governo Federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente e da Educação.

Aula de campo com alunos da Escola Estadual Entre Rios
Estudantes participantes

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.