Paraíso

Tocantins recebe estudantes de pelo menos 8 estados para vestibular de medicina na Unirg

A instituição disse que adotou protocolos de segurança contra a covid-19.

Por Redação
Comentários (0)

03/05/2021 10h13 - Atualizado há 4 dias
Unirg ofereceu 60 vagas no primeiro vestibular em Paraíso

A cidade de Paraíso do Tocantins recebeu centenas de candidatos neste domingo (2) para o primeiro vestibular de medicina da Universidade de Gurupi (UnirG). O seletivo recebeu mais de 1.500 inscritos de vários estados, concorrendo a 60 vagas. As aulas terão início em 02 de agosto.

As provas de conhecimentos gerais (prova objetiva) e de redação em Língua Portuguesa foram aplicadas em sete locais diferentes, das 09 às 13h (horário local). Pela ampla concorrência a disputa foi de 22,31 candidatos por vaga, pela cota pública foram 40,33 inscritos por vaga e pela nota do Enem foram 32 candidatos por vaga. Contudo, 21% dos inscritos no certame não compareceram.

Além dos tocantinenses, havia candidatos de Goiás, Maranhão, Pará, Piauí, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal, Cearáentre outros. Alguns acompanhados por familiares que aguardavam os filhos, até o final da prova.

O candidato João Pedro Rodrigues, 19 anos, é gurupiense, mas mora atualmente em Palmas e prestou vestibular. “Aproveitei esse momento de isolamento para me dedicar ainda mais aos estudos, especificamente, voltados para o vestibular da UnirG. Nasci e me criei em Gurupi, já tinha intenção de me formar na Instituição e agora com a vinda dela para Paraíso, possibilitará que minha formação seja sem a necessidade de eu ficar distante da minha família, já que a cidade está mais próxima de Palmas”, disse.

Tamires Mendes de Farias, 16 anos, moradora de Gurupi, também deseja uma das vagas do curso. “Eu achei ótima a abertura desse campus aqui porque é próximo de Gurupi. Ainda estou cursando o ensino médio, meu sonho desde criança é fazer Medicina e essa será mais uma chance de estudar pertinho de casa”, falou a candidata.

O senhor Jorge Valfredo Ventura viajou 610 km, vindo de Imperatriz (MA), para acompanhar o filho de 21 anos. “Meu filho é muito dedicado e se interessou em concorrer a uma das vagas na UnirG, devido à localização da Instituição, a qualidade do ensino e pelos anos de existência que fizeram com que optássemos em estar hoje aqui. Como pai tive que apoiá-lo, afinal vivemos numa sociedade muito competitiva e desejo ver meu filho se destacando profissionalmente”, relatou o senhor.

De acordo com a reitora, Drª Sara Falcão, esse é um momento histórico para a UnirG. Ela destacou ainda que o processo foi muito tranquilo e organizado, sem nenhuma intercorrência.

Segurança

Segundo a presidente da Comissão Permanente do Processo Seletivo, Drª Rise Rank, a instituição adotou medidas preventivas para garantir a segurança dos candidatos. As provas foram elaboradas pela Fundação Aroeira e guardadas sob a proteção do 8º Batalhão da Polícia Militar até o momento da aplicação.

Na entrada dos prédios havia uma equipe medindo a temperatura, higienizando as mãos dos inscritos e conferindo o uso da máscara. Os candidatos também passaram pelos detectores de metais.

Já durante a prova, uma equipe realizava o exame de papiloscopista da Polícia Civil, como de costume, colhendo as digitais dos candidatos e conferindo com o documento de identidade. Apenas três candidatos foram eliminados por falta de documentação adequada.

Visando a prevenção à covid-19, as janelas ficaram abertas para entrar a ventilação, o distanciamento entre os candidatos foi mantido, a higienização das mãos com o fornecimento do álcool 70% e o uso de máscaras. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.