Saúde

Tocantins tem o menor índice de ocupação hospitalar na rede pública do Brasil, aponta secretário

Leitos exclusivos e isolados de UTI para covid-19 tem média abaixo de 10% de ocupação.

Por Redação
Comentários (0)

27/04/2020 09h50 - Atualizado há 7 meses
Estado é destaque nacional

O Tocantins é o estado do país que apresenta, até o momento, o menor índice de ocupação de leitos em sua rede hospitalar estadual.

De acordo com informações da área técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Tocantins dispõe de 153 leitos de UTI disponíveis para atendimento da população, alguns deles com cadastramento e habilitação junto ao Ministério da Saúde em processamento, por se tratarem de leitos implantados recentemente para o enfrentamento do novo coronavírus (covid-19).

Para melhor assistir o paciente acometido de covid-19, o Tocantins dispõe de 32 leitos de UTI-covid equipados exatamente como leitos tradicionais de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no entanto, isolados de outras áreas.

Com média abaixo dos 10% de ocupação, 16 destes leitos estão no Hospital Geral de Palmas (HGP), referência para casos moderados e agudos de covid-19 na região Macro-Sul do Estado.

Outros seis leitos estão no Hospital Infantil Público de Palmas (HIPP) e os demais, no Hospital Regional de Araguaína (HRA), unidade de referência para encaminhamento de pacientes da região Norte.

"Hoje as maiores unidades estaduais estão operando com cerca de 50% da suas capacidades de ocupação, considerando todas as especialidades médicas", apontou a superintendente de Unidades Hospitalares Próprias, Elaine Negre.

O gestor da SES, Edgar Tollini, explicou que, complementando os leitos públicos disponíveis, “157 leitos complementares de UTI estão contratualizados e disponíveis na rede privada para usuários do Sistema único de Saúde (SUS)”.

Tollini ressaltou ainda que os estudos estão sendo realizados para o caso de aumento exponencial de novos casos. “Estamos preparados e as equipes de Saúde estão sendo constantemente capacitadas e atualizadas”, afirmou.

Nas duas últimas semanas, o Time de Resposta Rápida do HGP, composto por equipe multiprofissional da Unidade, realizou capacitação e atualização aos servidores das Unidades Hospitalares da região Macro Sul: Hospital Regional de Gurupi, Hospital Regional de Araguaçu e Hospital de Pequeno Porte de Alvorada. Neste treinamento teórico e prático foi abordado "Suporte Avançado de Vida, Manejo ao Paciente COVID e Fluxo assistencial no Componente Hospitalar.

Conforme cronograma, as capacitações prosseguem nos meses de abril e maio para as equipes multiprofissionais que atuam nas 18 Unidades Hospitalares Próprias.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.