Piso de R$ 1.060,74

Trabalhadores do comércio têm reajuste de 4% no Tocantins, abaixo da inflação

a negociação foram avaliadas somente as cláusulas de origem econômica.

Por Redação 553
Comentários (0)

19/03/2019 10h13 - Atualizado há 8 meses
Piso salarial passa para pouco mais de R$ 1.060,00

Depois de muita negociação, os Sindicatos Laborais e Patronais do comércio entraram em acordo sobre o reajuste salarial da categoria que ficou em 4%, índice abaixo da inflação. O reajuste será retroativo a janeiro deste ano.

Na negociação foram avaliadas somente as cláusulas de origem econômica, conforme previsto na Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2019.

"Na verdade, foi lavrado apenas um termo aditivo para que fosse revisto as cláusulas relacionadas ao reajuste salarial. Os demais itens da Convenção continuam vigentes, ou seja, até a data base prevista de novembro de 2019”, explicou o assessor jurídico da Fecomércio, Idemar Ferreira.

Segundo o presidente da Fecomércio, entidade a qual os Sindicatos Patronais do Comércio estão ligados, Itelvino Pisoni, esta negociação é necessária. “Nós sabemos que este reajuste é importante e necessário para nossos colaboradores, mas enquanto líderes classistas, nós precisamos lutar por conquistas para os empresários do comércio que já vem passando há alguns anos por muitas dificuldades. A obtenção desse reajuste de apenas 4% foi árdua, porém nós sabemos que é justo para ambas as partes. Além disso, conseguirmos trazer o retroativo para janeiro que irá trazer muito menos burocracia para as empresas também”, disse.

Com o reajuste, o piso salarial da categoria fixado é de R$ 1.060,74. A Fecomércio lembra que o reajuste de 4% deve ser feito sobre o salário vigente em novembro de 2017. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.