Eleição

Três procuradores disputam chefia do Ministério Público Estadual do Tocantins

A lista tríplice será encaminhada ao Governador do Estado do Tocantins no dia 30 de outubro.

Por Redação 502
Comentários (0)

12/10/2018 16h25 - Atualizado há 1 semana
Três procuradores disputam chefia do Ministério Público

Os Procuradores de Justiça Alcir Raineiri Filho, José Demóstenes de Abreu e José Omar de Almeida Júnior formalizaram suas candidaturas ao cargo de Procurador-Geral de Justiça para o biênio 2019/2020. A lista dos inscritos e dos membros aptos a votar foi divulgada pela Comissão Eleitoral, nesta quinta-feira (11).

O Procurador-Geral é o chefe do Ministério Público Estadual do Tocantins. 

O prazo para eventuais pedidos de impugnação será de 15 a 17 de outubro. A eleição que definirá a lista tríplice para escolha do próximo PGJ ocorrerá no dia 29 de outubro, com votação eletrônica online das 9h às 17h. Estão aptos a votar os 122 membros ativos, sendo 110 Promotores e 12 Procuradores de Justiça.

A divulgação dos três nomes mais votados ocorrerá imediatamente após o encerramento das votações. A lista tríplice será encaminhada ao Governador do Estado do Tocantins no dia 30 de outubro.

Alcir Raineri Filho

Alcir Raineri tem 58 anos de idade. Ingressou no Ministério Público do Tocantins em 1990. Assumiu o cargo de Procurador-Geral de Justiça por um mês no ano de 2002.

José Demóstenes de Abreu

José Demóstenes de Abreu tem 55 anos de idade. Ingressou no Ministério Público do Tocantins em 1990. Foi Procurador-Geral de Justiça por duas vezes, nos biênios 2002 – 2004 e 2004 – 2006.

José Omar de Almeida Júnior

José Omar de Almeida Júnior, atual Procurador-Geral de Justiça, postula recondução ao cargo. Tem 57 anos e ingressou no Ministério Público do Tocantins em 1990. Foi Procurador-Geral de Justiça nos biênio 97/98 e 99/00. Atualmente, ocupa o cargo de Procurador-Geral de Justiça, posto que assumiu em maio de 2018, por ocasião da aposentadoria de Clenan Renaut de Melo Pereira. (Ascom)

Comentários (0)

Mais Notícias

Rota do Ouro

Polícia Federal investiga mercado ilegal do ouro no Tocantins e fecha garimpo

O ouro extraído de forma ilegal tem como destino São Paulo e o exterior.

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.