Eleições 2018

TSE confirma candidatura de Dilma, que lidera disputa ao Senado Federal por MG

A ex-presidente lidera as intenções de votos para o Senado em Minas Gerais. A votação em todo o Brasil será neste domingo (07).

Por Redação 542
Comentários (0)

04/10/2018 14h14 - Atualizado há 7 meses
Ex-presidente Dilma Rousseff

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a candidatura de Dilma Rousseff (PT), nesta quinta-feira (04), e a ex-presidente deve ser eleita ao Senado.

Ela disputa o cargo por Minas Gerais e a última pesquisa IBOPE realizada no Estado aponta que Dilma lidera com 29% das intenções de votos.

Na briga pela a outra vaga para senador no Estado, há um empate técnico entre Carlos Viana (PHS), Rodrigo Pacheco (DEM) e Dinis Pinheiro (SD), com 17%, 15% e 14%, respectivamente.

Dilma sofreu o impeachment em 2016, mas teve os seus direitos políticos mantidos. Isso permitiu que ela disputasse um cargo político nestas eleições.

Os ministros do TSE afirmaram que a candidata preenche todas as condições de elegibilidade e não incorre em qualquer causa de inelegibilidade que possa afastá-la da disputa.

O Partido Novo e Leonardo Victor de Oliveira haviam apresentados recursos contra a candidatura da ex-presidente. 

Em seu voto pela rejeição dos recursos, o relator, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que não cabe ao TSE extrair da condenação, em processo de impeachment, sanção de inabilitação para o exercício de função pública, cuja aplicação foi expressamente afastada pelo Senado Federal.

Dilma lidera disputa para o Senado em MG

Comentários (0)

Mais Notícias

'Tudo Errado'

Autor de novelas da Globo vai produzir filme em cidades histórias do Tocantins

As gravações do filme estão previstas para junho de 2020. A protagonista será a atriz global Bella Piero.

Supostas ofensas

Juiz decreta prisão do pastor Nelcivan por tempo indeterminado no Tocantins

O pedido de prisão do pastor foi feito pela Polícia Militar do Tocantins no dia 25 de abril deste ano.

Novo decreto

Porte de arma é liberado para todos os advogados; OAB-TO avalia como vitória

A profissão foi inserida entre as atividades de risco que autorizam o porte.

Operação Catarse

Deic descobre mais quatro servidores fantasmas em Araguaína, um é empresário

Três homens e uma mulher estariam recebendo salários oriundos de dois gabinetes.

Jurista

Cadeira do Tocantins na Academia Brasileira de Direito ficará com Márlon Reis

Reis é tocantinense natural de Pedro Afonso, tem 49 anos e foi candidato a governador.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.