Novos voos

Two Flex solicita ajustes para operar com aviões pequenos em cidades do interior do Tocantins

Com os ajustes, a empresa já poderia atuar em Araguaína, Gurupi e São Félix.

Por Redação 2.257
Comentários (0)

24/10/2019 09h11 - Atualizado há 2 anos
Empresa Two Flex opera com aviões de pequeno porte

A empresa Two Flex, que opera com aviões de pequeno porte tipo Caravan (até nove passageiros), pode operar nas cidades do interior do Tocantins através de voos sub-regionais.

O assunto foi tratado, nesta quarta-feira (23), em Brasília, em uma reunião com agentes públicos e empresários do setor aéreo.

O encontro serviu para debater os detalhes que faltam para a empresa poder efetivamente operar no Tocantins. Nos estados aonde ela já atua, como no Rio Grande do Sul, Ceará, São Paulo e Mato Grosso, a Two Flex tem parceria com a Gol e a Latam, abastecendo os grandes aeroportos com passageiros do interior.

Além disso, a operação da comercialização das passagens é feita pela empresa grande e não diretamente pelo Two Flex. Nesse sentido, uma necessidade para que a companhia possa operar no Tocantins está na mudança da legislação estadual que dá incentivo fiscal por novas rotas de aviação, estendendo a redução de ICMS (Imposto sobre Circulação em Mercadorias e Serviço) do querosene para os parceiros. Essa alteração na legislação foi pedida pelo presidente da Two Flex, Rui Aquino, ao governador Mauro Carlesse (DEM), que ficou de avaliar uma forma de atender o pedido.

Outros ajustes necessários para que a Two Flex atue no Tocantins são pequenas alterações no aeroporto de Gurupi, que já estão sendo promovidas, e a regularização da documentação do aeroporto de São Félix do Tocantins, no Jalapão. Hoje, o aeródromo, que é operado pelo governo do Estado, ainda está registrado como propriedade privada, o que inviabiliza qualquer operação comercial.

“No meu entender, são ajustes possíveis de serem feitos e todos os envolvidos se mostraram interessados em encontrar soluções o mais rápido possível”, destacou o deputado federal Tiago Dimas, que organizou a reunião.

Com esses empecilhos superados, a Two Flex já poderia atuar em Araguaína, Gurupi e São Félix, sempre abastecendo a Capital Palmas ou mesmo Araguaína.

Em um segundo momento, o mercado pode ser ampliado para Araguatins, Dianópolis, Balsas (MA) e Redenção (PA).

“Hoje as pessoas dessas cidades que precisam viajar a outros estados vão de carro ou de ônibus para Palmas ou Araguaína. Com um preço justo, poderiam ir de avião de pequeno porte”, explicou Tiago Dimas, ao destacar que trazer novos voos para o Tocantins é fundamental para o desenvolvimento do Estado, pois isso encurta distâncias, atraí investidores e consultores, cria possibilidade de turismo e barateia a logística como um todo, além de movimentar a economia. A Two Flex tem condições, inclusive, de pousar e aterrissar em pistas de cascalho.

Na reunião, o secretário da Frente Parlamentar da Aviação Civil no Rio Grande do Sul, Cristiano Nether Guerra, fez uma exposição do sucesso do sistema no estado gaúcho, com várias cidades bem menores que Araguaína e Gurupi tendo voos regulares e diários.

A representante do Ministério do Turismo, Thais Amaral, registrou cada ponto abordado e irá cobrar as responsabilidades das partes para que o assunto avance de forma rápida.

A reunião teve a participação do governador, prefeitos de Araguaína, Ronaldo Dimas, e Gurupi, Laurez Moreira, presidente da empresa Two Flex, diretor de Relações Institucionais da Abear (Associação Brasileira das Empresas Áereas), Airton Pereira, dos diretores da Esaero (empresa que administra o aeroporto de Araguaína) Antônio Mesquita e Liz Martins, da representante do Ministério do Turismo Thais Amaral, do diretor da SAC (Secretaria de aviação Civil), Eduardo Bernardo, do secretário da Fazenda do Tocantins, Sandro Henrique Armando, e do deputado federal Carlos Gaguim (DEM).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.