Palmeirante

Vereador é condenado a 8 anos de prisão por estupro de adolescente no Tocantins

O vereador chegou a ser preso preventivamente em outubro de 2016, mas foi solto.

Por Redação 4.026
Comentários (0)

07/05/2019 15h00 - Atualizado há 1 ano
O vereador é de Palmeirante

O vereador do município de Palmeirante e servidor do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Adiel Leal Feitosa, foi condenado a oito anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo estupro de uma jovem de 14 anos de idade.

A sentença foi proferida nesta segunda-feira (06) em ação proposta pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO). O vereador chegou a ser preso preventivamente em outubro de 2016, mas foi solto no dia 08 de dezembro do mesmo ano. Ele foi reeleito nas últimas eleições municipais.

Segundo consta no processo, em 14 de agosto de 2016 o vereador, na época com 45 anos, convidou a adolescente para sua residência, localizada no setor Agrovila, sob o pretexto de trabalhar na campanha eleitoral.

Após adentrar na casa, a adolescente foi puxada com agressividade para dentro de um quarto, tendo, inclusive, sua roupa rasgada.

Em depoimento, a garota relatou que em nenhum momento consentiu o vereador a manter relações sexuais e tentou resistir, mas não obteve ajuda pois não havia mais ninguém na residência.

Ela conta, ainda, que no momento do ato sexual o vereador falava ao seu ouvido que ela não poderia comentar o ocorrido com ninguém.

De acordo com o Promotor de Justiça Pedro Jainer Passos Clarindo, responsável pelo caso, o MPTO recorrerá da decisão, por entender que a pena deve ser aumentada.

A defesa do vereador alega inocência e também recorrerá pedindo a absolvição. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.