Durante a posse

Wanderlei promete pagar R$ 20 milhões aos professores e convocar aprovados em concurso

Em seu discurso, ele destacou prioridades e investimentos.

Por Redação 3.981
Comentários (0)

12/03/2022 07h58 - Atualizado há 4 meses
Governador Wanderlei Barbosa

Wanderlei Barbosa tomou posse como governador do Tocantins, na noite desta sexta-feira (11/03), em sessão solene na Assembleia Legislativa prestigiada pelos 24 deputados estaduais, secretários de estado, deputados federais, representantes do poder judiciário, prefeitos e vereadores de diversos municípios.

Ele já estava à frente do Governo como interino desde o dia 20 de outubro de 2021, após o afastamento do então governador Mauro Carlesse e que renunciou ao cargo para evitar uma cassação.

Em um discurso emocionado e firme, Wanderlei compartilhou a sua trajetória política no Tocantins e destacou a confiança do povo tocantinense para chegar no mais alto cargo do Poder Executivo estadual.

“Nesse momento ímpar da minha história, eu quero afirmar a vocês que eu não farei nada diferente do que tenho feito nos últimos quatro meses, chegando a toda população de maneira efetiva, lutando diariamente, percorrendo meu estado com o desejo de consertar e colocar o meu estado no rumo certo”, ressaltou.

O governador também manifestou disposição e vontade política para superar os desafios que têm pela frente. “Não estou em busca de poder, estou aqui para resolver os problemas do nosso povo. Nós sabemos dos problemas de saúde, da nossa malha viária com mais de 1000 km para recuperação, dos nossos servidores que precisam ter seus direitos garantidos. Estou aqui para trabalhar pelo nosso povo, como já temos feito”, complementou.

‘Porta aberta’

Wanderlei garantiu que não enviará nenhum projeto de lei à Assembleia Legislativa que possa gerar insegurança no povo tocantinense. “Governador não é o todo poderoso. O governador está aqui para fazer a gestão das finanças públicas, para ouvir a população e tomar decisões, levando em consideração o desejo da nossa população. Nós faremos um governo junto com vocês, não serei um governo de protocolos. Todos terão a porta aberta para conversarmos”, destacou.

Segurança e pagamento de passivos

Ainda durante a sua posse, o governador anunciou que irá chamar na próxima semana os aprovados do concurso do Sistema Socioeducativo e da Polícia Penal do Tocantins, que, juntos com os 1.500 novos policiais militares e 100 novos bombeiros, atuarão em várias frentes por todo o Estado para garantir a segurança da população tocantinense. Informou também que serão pagos mais R$ 20 milhões de passivos aos professores da rede estadual de ensino.

Ao final, fez um clamor à população em relação aos cuidados com a pandemia causada pelo coronavírus. “Eu clamo à população para que se vacinem, para que possamos chegar a um ponto em que um dia poderemos não ter que usar mais a máscara de forma obrigatória. Se vacinem! Fica aqui o meu abraço e a minha gratidão a todas as pessoas pela confiança e convicção do povo tocantinense”, finalizou.

Perfil

Wanderlei Barbosa Castro é natural de Porto Nacional (TO), onde se elegeu vereador em 1989. Em 1996 foi eleito vereador em Palmas, sendo reeleito para mais três mandatos. Foi presidente da Câmara Municipal de Palmas nos biênios de 2003-2004 e de 2009-2010. Também foi subprefeito de Taquaruçu na época de sua emancipação. Em 2010, conquistou o seu primeiro mandato de deputado estadual, sendo reeleito em 2014.

Wanderlei é filho de Fenelon Barbosa, que foi o primeiro prefeito de Palmas. É casado com Blandina Vieira Leite Castro e pai de Ygor Leonardo Castro Leite, Rérison Antonio Castro Leite e Rosa Maria Castro Leite.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.