Inquérito

Gestão Cinthia é investigada por alugar banheiros e tendas por mais de R$ 570 mil

Entre outros pontos, a investigação apura suposta prática de sobrepreço. O inquérito foi instaurado nesta sexta-feira (17).

Por Redação 580
Comentários (0)

17/05/2019 17h16 - Atualizado há 4 semanas
Banheiros químicos

O Ministério Público do Tocantins instaurou nesta sexta-feira (17) um inquérito para apurar se a Prefeitura de Palmas obedeceu os critérios de legalidade, legitimidade e economicidade na contratação de empresas para fornecimento de estrutura para eventos.

O contrato inclui a locação de tendas e banheiros químicos por mais de meio milhão de reais para as comemorações do 30º aniversário da capital.

Já para animar a festa, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) também vai gastar mais de meio milhão só com o show da dupla Henrique e Juliano

Em 10 de maio de 2019, a Agência Municipal de Turismo (Agetur) aderiu à ata de registro de preços de um procedimento licitatório que a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) realizou para contratação dos serviços de locação, montagem e desmontagem de estrutura da Agrotins 2019.

As empresas contratadas pela Prefeitura são: JDV Educação e Eventos Eireli, Premier Eventos LTDA e Estrutural Comunicação e Montagens Eireli. O valor total do contrato é de R$ 572.961,10.

O inquérito vai apurar, entre outros pontos, suposta prática de sobrepreço, visto que a diária de um banheiro químico custará R$ 234,60, enquanto que na Agrotins 2018 o mesmo item custou R$ 135,00. Ou seja, houve uma elevação de R$ 99,60 em apenas 12 meses.

Segundo o Ministério Público, a Agetur isentou-se de realizar pesquisa de preço de mercado ao aderir à ata de registro de preços da Seagro.

Também será averiguado se a empresa contratada teria iniciado a montagem da estrutura para a festa do 30º aniversário da capital antes mesmo da formalização do contrato administrativo, conforme denunciado na imprensa.

O inquérito civil público é conduzido pelo promotor de Justiça Edson Azambuja, que atua na área de defesa do patrimônio público.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.