Comunicação

7 dicas infalíveis para perder o medo de falar em público e a insegurança

A comunicação está presente em todos os processos de nossas vidas desde o momento em que acordamos.

Por Redação 740
Comentários (0)

19/10/2018 16h43 - Atualizado há 7 meses
A comunicação é essencial na nossa vida

O humano é o único ser que usa a linguagem falada e escrita como sua principal ferramenta para socialização no ambiente, portanto, dicas para falar bem e organizar as ideias são habilidades almejadas por muitas pessoas.

A comunicação está presente em todos os processos de nossas vidas desde o momento em que acordamos, no âmbito profissional e estudos.

Embora a comunicação pareça espontânea, ela está repleta de técnicas e como em qualquer processo da linguagem, o exercício é essencial para o sucesso.

Você tem dificuldades de falar em público ou sente-se inseguro ao expor suas ideias oralmente? Confira essas dicas da empresa especialista em conteúdo, Biquara Contents,  para falar bem e aprimorar o seu discurso.

1 -  BUSQUE O CONHECIMENTO

O primeiro e principal passo para ter segurança em suas ideias e expor da melhor forma é adquirindo conhecimento. Quando estamos respaldados no conhecimento todo o processo da comunicação pode soar espontaneamente.

Independente do tema que deseja comunicar, o estudo é sem dúvida essencial. É através do conhecimento que irá embasar as suas ideias e construir ainda na sua mente conexões que se reforçam e que no momento da expressão lhe trará a segurança necessária.

O que muitas vezes acontece é que adquirir o ‘saber’ leva tempo, dedicação e aprimoramento e vivemos na era dos desejos instantâneos, o que acaba gerando ansiedade por conseguir aquilo que se quer e frustração por ainda não estar preparado.

Afinal, não basta dicção, postura corporal e algumas estratégias da comunicação, se o conhecimento estiver ausente. A impostação vocal e outras técnicas também são importantes, mas o que lhe trará segurança será a sua bagagem.

2 - ORGANIZE MENTALMENTE DUAS IDEIAS

O melhor comunicador é aquele que observa, analisa e reflete praticamente o tempo todo. A comunicação de ideias vai exigir o exercício de reflexão sobre o tema, portanto antes de expressar oralmente é preciso amadurecer internamente aquilo que pretende expor.

A dica é para você enumerar algumas ideias que defende e escrever numa folha logo após pensar sobre o seu modelo de estudo ou uma possível apresentação em público.

Observe esses pensamentos e imagine uma maneira interessante de expressá-los.

3 - AUTOCONHECIMENTO É FUNDAMENTAL

Primeiro: você acredita nas suas ideias? Por que considera importante ter dicas para falar bem e de que forma os seus pensamentos contribuiriam no mundo?

A expressão é um exercício que começa em nosso íntimo, não existe um bom comunicador que não é antes, um grande pensador.

Só podemos pensar com profundidade sobre um livro que lemos ou filme que assistimos se estivermos conscientes de nossos valores, do que buscamos abstrair no mundo e o que realmente almejamos em nossas vidas.

Sair do raso é importante para aprender a defender as suas ideias e não cabe aqui apenas dicas simplistas e fórmulas prontas, mas de fato o autodesenvolvimento e a busca por esse saber interior.

4 - DIFICULDADE PARA SINTETIZAR - O QUE FAZER ?

Existem pessoas que são experts em determinado assunto, amam o que fazem e sentem um imenso prazer em poder compartilhar com as pessoas o seu conhecimento.

Porém, na hora de expor as ideias numa apresentação, por exemplo, se prolongam por horas e não conseguem organizar e resumir o que de fato gostariam de passar.

A primeira dica é, numa folha de papel, separar o tema em tópicos, tal como fazemos numa apresentação no power point. Siga esses tópicos durante um ensaio solitário. O que gostaria de expressar sobre cada tópico? Treine isso.

Evite fazer muitas ligações com outros assuntos, principalmente se tiver pouco tempo. Geralmente as pessoas com dificuldade de sintetizar adoram fazer várias ligações com outros aspectos. Esse comportamento faz você dar voltas enormes e o interlocutor perder o interesse por seu discurso.

5 - NÃO SEJA TEDIOSO

Esse tópico tem muita ligação com o anterior que fala sobre a dificuldade de sintetizar. Passe o conhecimento que possui de forma simples e objetiva, não queira obrigar as pessoas a prestar atenção por horas no seu discurso.

Uma das principais dicas para falar bem é a objetividade. Você pode ter lido muitos livros sobre o tema, feito inúmeras graduações, mas acontece que a nossa atenção é limitada e precisa exercitar a explanação simples para que todos possam compreender o que diz e acompanhar o seu raciocínio.

O que é ser tedioso no ato da comunicação?

  • Dar voltas e voltas para falar algo que poderia ser dito em uma frase;
  • Não parecer seguro sobre o assunto que está passando;
  • Impostação de voz desarmônica com o cenário. Baixa ou alta demais;
  • Fazer piadas que só você entende ou acha graça;
  • Fugir do assunto e tentar fazer conexões que não têm sentido;
  • Citar livros, ideias e estudos, mas não conseguir sintetizar cada assunto tornando o discurso tedioso.

6 - SEJA CLARO

O que é clareza? É distinção, o interlocutor conseguir compreender o que você diz, independente do tema. E se o objetivo é receber dicas para falar bem e conseguir ser expressar com segurança, é muito importante importar-se com a compreensão de quem está ouvindo.

O bom comunicador sabe fazer o uso da linguagem oral e também escrita conforme o cenário. Ou seja, ele sabe se comunicar com públicos diferentes e tem a humildade de preocupar-se em adaptar o seu discurso para a compreensão de todos.

Afinal, a comunicação é para o próximo e não para nós!

7- PREOCUPE-SE COM O INTERLOCUTOR 

Não adianta ter conteúdo, ter ótima dicção e técnicas vocais se parecer uma pessoa pedante e que quer atenção. Uma dica para falar bem muito importante é desejar comunicar algo que possa agregar para quem ouve, seja uma piada engraçada, um livro, filme ou no conteúdo de uma apresentação.

O assunto não pode interessar somente a você, mas a quem ouve. Um bom comunicador deve controlar o seu ego e importar-se com a interpretação e compreensão de quem está ouvindo.

Tenha um propósito no seu objetivo de falar, esteja aberto a feedbacks positivos, negativos e ouça. Ouvir é essencial para se comunicar cada vez melhor, seja a si mesmo ou na escuta do próximo.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.