Saúde

Cerveja faz bem à saúde? Veja 10 benefícios cientificamente comprovados que vão te deixar feliz

Os benefícios foram comprovados, mas vale apenas para quem toma a cerveja com moderação.

Por Márcia Costa 4.849
Comentários (0)

14/01/2020 17h13 - Atualizado há 4 dias
A cerveja previne até câncer!

A cerveja está presente na vida da maioria dos brasileiros e cai bem em qualquer momento, seja em confraternizações, ou no happy hour com os amigos, mas será se essa bebida faz bem a saúde?

Para os fãs da cerveja, a boa notícia é que consumida com moderação a famosa, ‘gelada’ ou/e ‘breja’, reduz riscos de câncer, de diabetes e pode até ajudar no bom funcionamento dos rins.

Conheçam quais são os 10 benefícios da cerveja cientificamente comprovados e que foram publicados no site da cervejaria OPA Bier.

1 - Fortalece os ossos: Um estudo americano comprovou que o silício presente na cerveja, sendo consumido com moderação auxilia na melhora da densidade óssea, fortalecendo a estrutura corporal.

2 - Mantém os rins saudáveis: De acordo com um estudo publicado no Clinical Journal of the American Society of Nephrology, a cerveja (consumida moderadamente) pode reduzir em até 40% as chances de desenvolver pedras nos rins.

3 - Protege o cérebro: A cerveja tem propriedades antioxidantes que, aliadas aos compostos polifenóis em sua composição e a uma dieta saudável, diminuem as chances de desenvolver o Mal de Alzheimer ou de sofrer Acidente Vascular Cerebral (AVC). É o que concluiu o artigo divulgado no Jornal of Agricultural and Food Chemistry.

4 - Diminui os riscos de desenvolver o câncer: O consumo moderado de cerveja tem se mostrado um aliado na prevenção de alguns tipos de câncer, devido ao xanthohumol, composto químico presente no lúpulo (insumo básico para a produção da bebida), como aponta estudo realizado no Centro Germânico de Prevenção ao Câncer e divulgado pelo Centro de Oncologia e Hematologia Multihemo.

5 - Reduz os riscos de desenvolver a diabetes: Um estudo espanhol realizado na Universidade de Barcelona, em parceria com o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri, concluiu que o consumo moderado de cerveja (1 caneca por dia) pode auxiliar na diminuição dos níveis glicêmicos e aumentar a sensibilidade à insulina.

6 - Combate ao estresse: Um estudo chileno divulgado comprovou que a cerveja especial consumida com moderação, ajuda na redução do estresse oxidativo, devido ao seu potencial antioxidante.

7 - Combate resfriados: Um estudo realizado no Japão comprovou que a cerveja pode ajudar a combater gripes e resfriados. Isso graças a um componente do lúpulo chamado humulone, que age contra o Vírus Sincicial Respiratório (VSR), um dos principais causadores de infecções respiratórias.

8 - Combate a imunidade: O levedo presente na cerveja após o processo de fermentação da bebida é capaz de ativar um grupo de células de defesa do organismo (macrófagos), segundo estudo publicado na revista científica Annals of Nutrition and Metabolism.

9. Ajuda a combater a insônia - Estudo realizado na Universidade de Extremadura, na Espanha, revelou que o lúpulo, um dos principais ingredientes da cerveja, colabora para a ação de um neurotransmissor que promove o efeito sedativo e diminui a atividade do sistema nervoso.

10. Aumenta a fertilidade dos homens - Uma pesquisa divulgada pelo Portal Dailymail verificou que o consumo moderado de cerveja pode elevar a fertilidade masculina. A explicação mais aceita para este fato é a redução do estresse entre os pesquisados (homens que estavam se tratando para ter filhos) ao incluir o consumo da bebida na rotina. Fato é que os participantes da pesquisa que consumiram cerveja elevaram em aproximadamente 50% seu potencial de fertilidade.

É preciso beber com moderação

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.