Ser feliz de novo

Como começar de novo após o fim de um longo casamento? Saiba que é possível ser feliz outra vez!

Mulheres que se separaram, deram a volta por cima e ensinam como ser feliz de novo.

Por Gláucia Peixoto 2.336
Comentários (0)

28/10/2019 15h45 - Atualizado há 3 meses
divulgação

Casar ainda é meta de vida para muitas pessoas. Muitas pessoas se casam e sonham com a felicidade conjugal, ocorre que em muitos casos o casamento termina sendo mesmo uma relação sacrificante e até desencantadora para muitos e, por isso, cada vez mais relacionamentos de décadas chegam ao fim.

Os motivos que levam à separação são muitos e são também complexos, mas após o fim do relacionamento o que interessa mesmo é saber como recomeçar a vida. E essa não é uma tarefa fácil, muito menos rápida.

Contudo, cada vez mais mulheres conseguem se refazer e descobrem novos motivos para serem felizes, e o principal deles é o amor próprio e a auto aceitação. “Ame quem você é e aceite-se como você é”, diz Maria Lúcia, uma professora araguainense de 45 anos que pôs fim a um casamento de 22 anos.

Ela conta que casou muito jovem, foi mãe muito cedo e por muito tempo dependeu exclusivamente do marido e por isso o casamento tornou-se uma relação de subordinação que não foi rompida nem mesmo quando ela alcançou independência financeira. Por isso a professora, com os filhos já criados, decidiu romper a relação e sair de casa.

Ausência de vida social

Maria Lúcia conta que no princípio o mais difícil foi a falta de convívio social e amizades, ela quase não saia de casa, não tinha com quem conversar. “A mulher quando se casa, passa a viver só para a família, não se importa muito em cultivar amizades, isso é péssimo”, comenta. “Hoje eu procuro cultivar laços, visito pessoas, vou a lugares variados. Não arranjo desculpas para encontros, para sair seja onde ou com quem for. Sou feliz agora”, finaliza.

Não sei mais paquerar

Mulheres, no geral, são fiéis. Por isso, muitas ficam seguras após o casamento e não sentem necessidade de flertar em nenhuma situação, por isso, segundo elas, após um longo relacionamento, é possível que a mulher desaprenda a arte da sedução e da paquera.

Alguém pode até se interessar por você, mas você nem percebe, e deixa passar. Principalmente se você já não é mais nenhuma garotinha. “Quando a mulher se separa e já tem uma certa idade, ela se sabota”, diz Amanda divorciada há 4 anos. “Eu só encontrei alguém quando conseguiu me encontrar, achei que por que já tinha 50 anos aquilo não era mais para mim, minha sorte é que ele foi insistente e eu aprendi a me amar, mas pra isso tive que me olhar de novo. Meu conselho é para prestar mais atenção em você, investir em você mesma”, acrescentou.

Casar de novo!

Entre os casamentos que acontecem hoje no Brasil, a maioria ainda é o de estreia, o primeiro de ambos os noivos. Mas, segundo dados recém-divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse número vem caindo ao mesmo tempo em que cresce cada vez mais a participação no bolo dos chamados recasamentos. Entre as mulheres que formalizaram a união em 2013, 24,3% já tinham tido a mesma experiência antes. Isso corresponde a dez pontos percentuais a mais sobre o mesmo número dez anos antes, em 2003.

No segundo ou terceiro casamento, a mulher está mais experiente e por isso mesmo mais encantadora afirmam terapeutas de casais. Outro fator importante é a segurança que ela tem de si mesma, os ciúmes dão lugar aos cuidados. Também nessa fase a mulher sabe diferenciar o romantismo pragmático do amor entre casal e se deixa conhecer mais pelo parceiro, torna-se mais compreensiva com o outro e também mais fácil de ser compreendida.

Para a empresária Laura Cardoso, o segundo casamento que já dura 10 anos foi o casamento dela mesma, ela afirma que dessa vez levou as coisas do seu modo e nunca mais fez questão de dá satisfação à sociedade ou família. Para ela essa é a receita da felicidade conjugal, conhecer e satisfazer a si mesma e ao parceiro.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.