Mundo infantil

Como iniciar a vida social das crianças? Pedagoga conta segredos para a adaptação

Karen Inácia diz que a idade ideal para colocar a criança em uma creche ou berçário é por volta de 3 a 4 anos.

Por Weslene Rocha
Comentários (0)

07/01/2019 16h19 - Atualizado há 2 semanas
Vida social das crianças

Iniciar a vida social dos filhos pode ser um passo árduo e trabalhoso para muitos pais. Para essa missão, eles podem contar com a ajuda de berçários, creches, escolas ou até babás.

Um estudo feito em 2018 por pesquisadores franceses para a revista Journal of Epidemiology & Community Health afirmou que optar pela creche ou instituições similares pode beneficiar as crianças em diversos aspectos.

Isso porque as crianças que frequentaram creches por um ano ou mais tinham poucas chances de sofrer com problemas emocionais, dificuldades de fazer amigos e habilidades sociais precárias.

Para a transição do ambiente familiar até a convivência com outras pessoas fora de casa, os pais podem trabalhar essa adaptação para que a criança sofra menos.

A pedagoga especialista em neuropsicopedagogia Karen Inácia Vieira, diz que os pais precisam agir com segurança, além de incentivar a criança a brincar, colocar limites e oferecer oportunidades diferentes para socializar.

Para a profissional, a adaptação depende das relações vivenciadas em casa. "Crianças que se relacionam bem com a família fazem o mesmo fora do lar. Crianças extremamente frágeis e superprotegidas são de difícil relacionamento", afirmou.

Segundo a especialista, a idade ideal para colocar a criança em uma creche ou berçário é por volta de 3 a 4 anos. Porém, acontecem casos em que os pais precisam voltar ao trabalho ou à rotina e precisam de um espaço para deixar os filhos enquanto ficam fora de casa.

A pedagoga ainda afirmou ser importante a convivência com outras crianças desde cedo. "É na primeira infância que se formam os vínculos. Saber dividir um brinquedo, ganhar ou perder na brincadeira favorece a compreensão de relações de reciprocidade", completou ela.

Jonatan Alves é pai da Laura, de apenas 1 ano e 10 meses. Ela vai para o berçário pela primeira vez em 2019, pois os pais precisam trabalhar em período integral. "Ela vai sentir nossa falta, mas acho que não vai ter dificuldade em se relacionar com outras crianças", contou ele, falando que a maior preocupação até então é com os cuidados enquanto estarão longe.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.