Outubro Rosa

Mais de 100 araguainenses atendidas de graça na Unidade Móvel do Hospital de Amor

As mulheres foram atendidas nos três dias que a carreta ficou estacionada no Jardim das Flores.

Por Redação
Comentários (0)

29/10/2021 16h30 - Atualizado há 1 mês
Os atendimentos na carreta foram ofertados do dia 26 a 28 de outubro

A costureira araguainense Maria Isaura de 60 anos fez questão de cuidar da saúde. Os primeiros passos dados por ela foi até a UBS Albeny Soares, onde passou pela triagem até chegar na Unidade Móvel do Hospital de Amor e realizar o exame de mamografia de graça. A carreta atendeu mais de 100 mulheres de 50 a 69 anos, em parceria com o Município, nos dias 26 a 28 de outubro.
 
Segundo a costureira Maria Isaura, o segredo para se manter saudável está na prevenção e esse é o terceiro exame que realiza. “Sou uma pessoa muito sadia, até hoje não tomo remédio e não tenho nenhum problema de saúde, acredito que esse seja o caminho a pessoa para viver tem que se prevenir é uma forma de termos certeza de como anda a saúde”.
 
O exame realizado na unidade móvel inicia com uma anamnese, que são perguntas específicas que envolvem desde o histórico familiar, a reposição hormonal até a vacinação, com intuito de ter um resultado eficaz na realização da radiografia e do laudo.
 
“Sempre perguntamos se é a primeira vez da paciente, pois é um exame desconfortável, mas necessário por isso a importância da colaboração da mulher para podermos captar toda a estrutura mamária e termos um exame de qualidade que em seguida é avaliado por um médico do Hospital de Amor”, explicou a Viturina Lopes, técnica de radiologia.

Atendimentos
As mulheres foram atendidas nos três dias que a carreta ficou estacionada em frente à UBS Manoel do Reis, no Setor Jardim das Flores, das 8 às 17 horas, totalizando 140 exames de mamografia realizados.

Nós conseguimos ter a meta de atendimento superado com todas as vagas diárias preenchidas, um ganho para nós e a comunidade, pois é um exame de extrema importância, de rastreio que tem como intuito diagnosticar um câncer na fase inicial e ter uma eficácia no tratamento de até 95%”, explicou a coordenadora municipal da Saúde da Mulher, Tuliana Santos.

Um câncer diagnosticado na fase inicial tem uma eficácia no tratamento de até 95%

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.