Chico

13ª edição do Festival de Cinema e Vídeo do Tocantins exibirá 40 filmes em Palmas

Ao todo, serão exibidos mais de 40 filmes numa programação de 26 horas

Por Nielcem Fernandes
Comentários (0)

24/09/2018 17h33 - Atualizado há 2 anos
A programação de abertura, na terça-feira (25) contará com a pré-estreia do longa ‘Marcha Cega'

O Chico - Festival de Cinema e Vídeo do Tocantins - está de volta. A 13ª edição do evento acontece a partir da próxima terça-feira (25), e vai até sábado (29) com atividades no Cine Cultura e também o CineSesc. A última edição do festival foi realizada em 2013.

Ao todo, serão exibidos mais de 40 filmes numa programação de 26 horas. A mostra apresentará curtas-metragens de todos os gêneros, em língua portuguesa. "A satisfação em retomar o Chico após cinco anos é muito grande. O setor audiovisual cresce mais a cada dia na região e no país e um projeto como o Chico deve acompanhar este crescimento", disse a diretora executiva do projeto, Juliane Almeida.

Programação

Diariamente serão exibidas produções de todas as mostras – Infâncias, Regional, Brasil e Tocantins (www.festivalchicom/programacao). Já no sábado, 29, haverá programação voltada para formação em audiovisual, com rodas de conversas e palestras, ministradas pelos jurados e curadores do Festival Chico, gestores, pesquisadores e realizadores.

A programação de abertura, na terça-feira (25) contará com a pré-estreia do longa-metragem ‘Marcha Cega’, de Gabriel di Giacomo. O documentário chega às salas de cinema de todo o Brasil no dia 27 de setembro e foi produzido durante as manifestações que ocorreram em São Paulo nos últimos anos, quando a Polícia Militar foi responsável por agredir violentamente, ferir e prender uma série de manifestantes. A classificação do longa é de 12 anos.

Premiações

O público vai poder votar no melhor filme de todas as mostras, que serão premiados com o Troféu Chico 2018. O Júri Técnico avalia as mostras Brasil e Tocantins. O produtor do Melhor Filme Tocantins e o realizador do Melhor Filme Brasil, segundo o Júri Técnico, vão receber como prêmio a participação em um festival de cinema internacional.  Na categoria Tocantins, serão ainda premiados Melhor Fotografia, Melhor edição, Melhor Roteiro e Melhor Direção. As premiações do Festival Chico 2018 acontecem no dia 29 de setembro, na cerimônia de encerramento do Festival.

O Júri Popular, constituído pelo público espectador, escolhe o Melhor Filme em todas as mostras: Mostra Brasil, Mostra Tocantins, Mostra Infâncias e Mostra Regional. Os filmes com maior número de votos em cada exibição serão premiados com o Troféu Chico 2018. Além disso, o Júri Técnico concede o Prêmio Especial ao Melhor Filme da Mostra Tocantins, destinado ao diretor ou produtor do filme, com uma Residência Artística Internacional em festival de cinema realizado na América Latina em 2018. A produtora Mistika Post oferecerá um prêmio especial para o Melhor Diretor do Tocantins de  R$ 4 mil em serviços de pós-imagem.

Júri

Edu Fernandes, um dos curadores do Festival, disse ter ficado honrado em participar do processo. “Foi com muita honra que recebi o convite de participar da comissão de curadoria do Chico em uma edição tão especial, de resgate de uma importante janela para o cinema na região Norte. O cinema estava carente do Chico”, declarou.

Presidente do júri técnico, Sérgio Soares considera que é necessário mais investimento na circulação e na difusão do audiovisual tocantinense. “Um festival com tradição se torna uma fantástica janela não só pra premiar o que está sendo feito agora, mas para gerar ideias, relações e esperanças para o cinema”, aponta.

 

Os filmes com maior número de votos em cada exibição serão premiados com o Troféu Chico 2018

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.