Seet
Sobral – 300×100

Dupla João Lucas e Marcelo surpreende fãs ao lançar novo disco com músicas inéditas

Redação AF -
Foto: Divulgação

A dupla João Lucas e Marcelo prepara o lançamento do quarto disco da carreira trabalho. Conhecida internacionalmente, por meio de hits envolventes e que contagiam as baladas, os cantores mostram agora o lado romântico ao público.  O novo álbum, chamado “Agora é pra valer”, tem doze faixas inéditas. Mais de 80% delas é de composição de Marcelo Bernardes – primeira voz da dupla.

A primeira faixa a ser trabalhada já está nas rádios e tem conquistado espaço entre as top 10. De composição de Marilia Mendonça, com produção de Fernando Zorzonello, o Fernando da dupla Fernando e Sorocaba, a nova música de trabalho se chama “ Agora é Pra valer” e é definida pelos cantores como uma vanera dançante e contagiante. A canção e o seu clipe oficial foram lançados oficialmente no dia 17 de novembro de 2014. O clipe da canção pode ser visualizado no canal oficial da dupla no youtube ou por meio deste link clicando aqui.

Em setembro deste ano os cantores gravaram uma nova versão da música com a participação do forrozeiro Wesley Safadão. O clipe que foi lançado há quase quarenta dias já chega a casa das um milhão de visualizações no youtube. Sobre a participação de Wesley Safadão, Marcelo destaca que ela não estava prevista. “A música que, inicialmente, foi lançada como single não teria participação de ninguém. Mas o Wesley gostou demais dela e começou a colocá-la em seu shows. Quando ele nos disse que era apaixonado na canção , falamos para ele “pronto vamos gravar uma nova versão com você”, explica Marcelo.

Paralelamente a faixa de trabalho, está sendo trabalhada – em parceria com Dennis DJ, o mesmo de Louca Louquinha e de Joga o Copo pro Alto – a dançante “Musa”. A música, que teve seu vídeo clipe gravado na Argentina no mês de novembro, já é sucesso das baladas na região sudeste. O clipe tem a temática no velho oeste e pode visto no link  aqui.

Também neste disco está a canção “Chover pra cima”, de composição do jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. A música teve seu videoclipe gravado, em julho, no Rio de Janeiro, com a participação do astro do futebol. O clipe ainda não foi lançado e é bastante esperado pelo público da dupla.

Outro grande destaque do álbum é a canção “Morango e mel”. A faixa também de composição de Marcelo teve a participação de Victor e Leo. Para Marcelo, que tem diversas músicas de sua autoria gravadas pelos cantores, a participação da dupla engrandece bastante o disco. “É uma honra poder contar com dois grandes artistas em nosso disco”, destacou o cantor.

Entre as canções do disco, a dupla destaca ainda “Amor de semana“, “Dependente”, “Episódios” e o “Amor não morre”. João Lucas por sua vez destaca que é disco com muitas músicas de qualidade e que vão surpreender o público. “Vocês vão ver um lado da nossa dupla que ainda estava um pouco apagado”, revela.

Marcelo destaca que o disco foi produzido com muito cuidado e capricho. “Tivemos bastante cuidado para escolher o repertório. Queríamos mostrar o nosso lado romântico, o meu lado de compositor sem deixar de prestigiar e cuidar do nosso público que adora uma balada”, destacou.

O disco, que já está disponível em todas a plataformas digitais e redes sociais, chega as lojas físicas em fevereiro.

Saiba mais sobre João Lucas e Marcelo

Com cinco  anos de carreira, a dupla João Lucas e Marcelo já tem espaço marcado no cenário da música sertaneja. Por dois anos consecutivos os cantores tiveram as canções de trabalho como as mais tocadas nas baladas do Brasil. Em 2012, o sucesso foi “Eu quero tchu, eu quero tcha”,  em 2013 “Louca Louquinha” e em 2014 com “Joga o copo pro alto”.

“Se beijar na boca dá sapinho” , outro sucesso da dupla,  com também teve a mesma pegada dançante e envolvente que é marca registrada da dupla.  As três músicas fazem parte do álbum “A vida é uma festa”, que foi lançado pela Som Livre. Gravado em Goiânia,o projeto tem produção musical do Maestro Bicalho e produção executiva de Rivas Rodrigues. São 23 faixas que harmonicamente mesclam músicas românticas e dançantes.

João Lucas e Marcelo conquistaram o cenário nacional depois que o jogador Neymar, comemorou seu centésimo gol pelo Santos em jogo contra o Palmeiras, valido pelo Campeonato Paulista, com a coreografia da música “Eu quero Tchu, Eu quero Tcha”.. A música liderou as vendas no Itunes por seis meses e se destacou nas paradas musicais a nível mundial.

Os hits “Eu Quero Tchu, eu quero Tcha”, “louca Louquinha” e “VucoVuco”, renderam aos cantores uma agenda repleta de shows pelo Brasil e a primeira turnê internacional, que foi realizada entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2013”. Foi a maior turnê internacional já realizada por cantores brasileiros.

A dupla se apresentou nos Estados Unidos, França, Itália, Portugal, Holanda, Suíça e Inglaterra. Entre as lembranças, além de casas lotadas e o carinho recebido pelo público, João Lucas e Marcelo trouxeram para o Brasil dois discos de ouro conquistados na Itália e em Portugal.

Cantores, compositores e músicos, João Lucas e Marcelo querem continuar mostrando ao Brasil que a diversidade cultural e a alegria dos brasileiros também podem ser representadas na música. Das faixas do DVD, as românticas “Frases de Fogo” e “Se quer a verdade” – já tem clipe editado. O clipe de “Se quer a verdade” é inédito e foi gravado nos Estados Unidos durante a primeira turnê internacional da dupla realizada em janeiro de 2013.

Marcelo é compositor renomado, com faixas gravadas, por; Luan Santana, Vitor e Leo, Cristiano Araújo, Gian e Giovani, João Bosco e Vinicius, Henrique e Juliano, Gabriel Gava, Zé Ricardo e Thiago e outros artistas. Ele assina como Marcelo Martins. É também um instrumentista habilidoso. “Toca piano, violão, teclado, guitarra e viola”.

João Lucas também é um instrumentista desenvolto. O cantor toca sanfona, teclado, piano e violão. A atual faixa de trabalho “Se Beijar na Boca dá Sapinho” composição de Fernando Frajola, já está sendo executada nas principais rádios do Brasil, é um arrocha que promete conquistar o publico sertanejo universitário.

A dupla é bastante influenciada pela miscigenação musical e tem amistura de ritmos como característica marcante em seu show; Funk, Arrocha, Vanera, Guarânia, Pagode, Samba e Eletrônico se fundem durante suas apresentações. Entre as influências da dupla, podemos destacar gerações anteriores da música sertaneja. Durante o show e no camarim antes e depois do espetáculo, a dupla canta músicas de artistas como Tião Carreiro, Milionário e José Rico, Bruno e Marrone, Zezé di Camargo e Luciano, Leonardo, Chitãozinho e Xororó, Matogrosso e Matias entre outros. A dupla admira também o trabalho musical desenvolvido por bandas como Coldplay, Red Hot Chilli Pepers, Gunse’s Rose, Mc Fly e por cantores de forte apelo nacional como Roberto Carlos, Amado Batista, Banda Calipso, Erasmo Carlos e Ivete Sangalo.

 

Comentários pelo Facebook: