Seet
Sobral – 300×100

Prefeitura é obrigada a retirar Marcha Para Jesus de festa por não ouvir pastores

Redação - |
Foto: Reprodução
Conselho de pastores decide não realizar evento e prefeitura precisa refluir sobre programação

Márcia Costa // AF Notícias

A Prefeitura de Araguaína foi obrigada a recuar quanto à inclusão da Marcha para Jesus na programação de aniversário da cidade. Isso porque o Conselho de Pastores já havia decido não realizar o evento este ano.

Sem consultar o grupo evangélico, a gestão incluiu o evento nas festividades de comemoração dos 59 anos de Araguaína e foi surpreendida pela decisão contrária dos pastores.

A Marcha para Jesus passou a ser parte da programação após críticas de vereadores à prefeitura por não incluir nenhuma atração voltada ao público cristão no aniversário da cidade.

Gipão (PR) chegou a formular um pedido na Câmara Municipal para incluir a Marcha na programação, porém, o Conselho de Pastores, responsável pelo evento cristão, já havia decidido realizar apenas uma programação no residencial Lago Azul IV.

Com a polêmica, os pastores decidiram colocar o assunto em votação, na manhã de ontem (31), para decidir se mantinham ou não a Marcha na programação de aniversário. O resultado foi de 4 votos a favor e 15 contra a realização do evento.

Na reunião, ficou acordado que será realizada uma Noite Cristã no dia 15 de novembro com o show da Banda Som e Louvor e o cantor regional Cícero de Jesus, o que custará 37 mil reais aos cofres públicos. A organização será uma parceria com as Igrejas.

O secretário municipal de Educação e Cultura, Jocirley Oliveira, esclareceu que a prefeitura oferecerá a estrutura física, pessoal e contratação de atrações, enquanto as igrejas ficarão responsáveis pela programação religiosa e confecção de cartazes.

PROGRAMAÇÃO

A programação de shows do 59º aniversário de Araguaína acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de novembro. Este ano, o evento será marcado pela inauguração da Via Lago. A festa contará com artistas regionais e nacionais como Maiara & Maraísa e o duo Anavitória.

LEIA TAMBÉM…

Marcha para Jesus é incluída no aniversário de Araguaína após críticas de evangélicos

‘Evangélicos e católicos são esquecidos’ na programação do aniversário de Araguaína

Comentários pelo Facebook: