Seet
Sobral – 300×100

Profissionais da enfermagem do HDT participam de capacitação com homenagens e brindes

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A confraternização foi em comemoração do Dia do Enfermeiro

Profissionais da enfermagem do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT) participaram de cinco dias de capacitação, homenagens e confraternização em comemoração ao Dia do Enfermeiro, que é oficialmente comemorado no dia 12 de maio.

O objetivo da I Semana de Enfermagem foi promover a interação do saber cientifico e debater sobre boas práticas relacionadas ao cuidado qualificado da enfermagem. Para motivar os profissionais foram exibidos vídeos com depoimentos de pacientes, além da entrega de flores, sorteio de brindes e palestras motivacionais.

De acordo com a chefe da divisão da enfermagem do HDT-UFT, Áurea Maria Casagrande da Luz, o evento foi muito importante já que contribui para melhorar a autoestima dos profissionais e motivá-los a desempenhar um serviço cada vez mais qualificado. “Acredito que superamos as expectativas, e isso se deve ao fato de apenas evidenciarmos o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por cada profissional, que se doa em prol dos nossos usuários, com amor”, destacou Áurea.

Nova gestão hospitalar

A primeira edição da Semana de Enfermagem do HDT foi realizada a um mês da unidade completar um ano da mudança de gestão administrativa. Desde junho de 2016, o hospital passou a ser administrado pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O HDT pertencia ao Governo do Estado do Tocantins. Em 2013 foi iniciado o processo de mudança e doação para a Universidade Federal do Tocantins, através da Lei Complementar Nº 87, de 02 de setembro de 2013. Atualmente, a unidade hospitalar dispõe de uma área de 6.960 m², sendo que 3.860 m² são de área construída que passaram por reforma para receber a nova equipe de trabalho.

O Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína é o único do Estado que atende a especialidades de infectologia tanto adulto como pediátrico. Além do atendimento clínico, com a mudança de gestão, a unidade agora também é referência na área de ensino e pesquisa com a implantação do programa de residência médica, com previsão de ampliação até o fim de 2017.

Com informações: Ascom/ HDT – UFT.

Comentários pelo Facebook: