Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Sob investigação

Cade prorroga investigação contra Gol por preços abusivos de passagens aéreas no Tocantins

A apuração começou após representação da bancada federal do Tocantins.

Por Arnaldo Filho 790
Comentários (0)

24/02/2020 14h48 - Atualizado há 4 meses
Companhia aérea é investigada por aumentar preço abusivamente

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) prorrogou até 31 de março uma investigação que apura se as companhias aéreas Gol, Latam e Azul cometeram infrações à ordem econômica, aumentando abusivamente os preços das passagens. 

A investigação analisa denúncias sobre aumento de tarifas nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia e Tocantins.

No caso do Tocantins, a reclamação foi levada ao Cade em julho pelo deputado federal Tiago Dimas (Solidariedade), mais especificamente contra a Gol, através de documento assinado por todos os dez parlamentares da bancada federal do Tocantins, citando "propósito de lucro exacerbado em detrimento dos consumidores".

Levantamento feito pelo parlamentar mostrou, por exemplo, que o preço médio do trecho Palmas-Brasília teve um aumento de 120% em relação ao primeiro trimestre de 2018 sem nenhuma justificativa plausível.

Além disso, os preços praticados pela empresa de Palmas para Brasília custam até quatro vezes mais caros, por quilômetro voado, quando comparado às cidades de Macapá, Rio Branco, Porto Velho, Presidente Prudente, Marabá e Santarém, todas do mesmo porte que a capital tocantinense.

VEJA MAIS...

+ Bancada do Tocantins protocola denúncia no Cade contra a Gol Linhas Aéreas por preços abusivos

+ Gol será denunciada ao Cade por preços abusivos das passagens aéreas no Tocantins

+ Tiago Dimas pressiona empresas aéreas por causa de preços abusivos das passagens no Tocantins

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.