Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Covid-19

Dimas autoriza compra de vacina contra Covid-19 para toda a população de Araguaína

Com essa medida, a cidade será pioneira no Brasil.

Por Arnaldo Filho 11.934
Comentários (0)

03/12/2020 11h56 - Atualizado há 1 mês
Prefeito deve assinar o decreto ainda nesta semana

O prefeito Ronaldo Dimas (Podemos) anunciou com exclusividade ao AF Notícias, na manhã desta quinta-feira (3/12), que assinou um decreto autorizando a compra de milhares de doses da vacina contra a Covid-19 que foi desenvolvida pela farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech.

O Decreto nº 365, publicado no Diário Oficial do Município dessa quarta-feira (2), determina que a Secretaria Municipal de Saúde faça a aquisição do produto em regime de urgência.

Conforme o prefeito, o objetivo é adquirir quantidade suficiente para imunizar toda a população araguainense – cerca de 180 mil habitantes. Dimas avalia que o investimento será em torno de R$ 10 milhões – com base no preço médio da vacina atualmente praticado no mercado.

“Não tem lógica o Brasil comprar a vacina de Oxford, cuja eficácia é menor, sendo que o próprio Reino Unido – país considerado de primeiro mundo - já largou de mão. Parece um atraso trocar uma [vacina] com eficácia de mais de 90% por outra de 60%. Se São Paulo está podendo fazer isso [comprar diretamente a vacina], então vamos fazer também. Vamos correr atrás”, garantiu Ronaldo Dimas.

O Reino Unido já comprou 40 milhões de doses da Pfizer e deve iníciar a vacinação na semana que vem.

Segundo informações da Agência Brasil, o Governo Federal segue com acordo com o laboratório AstraZeneca e a Universidade de Oxford. A opção tem taxa média de eficácia de 60% e a expectativa do Governo é de vacinar 130 milhões até o fim do ano que vem.

Conforme o prefeito, a imunização de toda a população dará mais tranquilidade e reduzirá os gastos com internações e tratamento de saúde, por exemplo. “Imagina a tranquilidade que teremos com toda a população imunizada”, acrescentou.

ARAGUAÍNA É PIONEIRA!  

Além de ter sido a primeira cidade do Tocantins a adquirir os testes rápidos feitos pelo sangue, Araguaína também tomou a iniciativa para a aquisição de kits para coleta de exame PCR, feito com muco do nariz ou boca.

Araguaína também foi a primeira cidade do Brasil a tornar obrigatório o uso de máscaras de proteção facial em locais públicos, viabilizando a produção e distribuição de 40 mil unidades do equipamento à população carente, junto com cestas básicas, por meio da Secretaria Municipal Assistência Social.

Também foi a única cidade do Tocantins a criar um hospital de campanha contra covid-19 para atender toda população do norte do Estado.

Vacina desenvolvida pela farmacêutica Pfizer

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.