Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

Pré-candidato a prefeito recém-lançado em Araguaína deve mais de R$ 90 mil de IPTU e não nega

O patrimônio declarado ao TSE nas eleições 2018 foi de R$ 4,3 milhões.

Por Arnaldo Filho 3.997
Comentários (0)

18/02/2020 13h45 - Atualizado há 1 ano
Deputado estadual Issam Saado (PV)

Recém-anunciado como pré-candidato a prefeito de Araguaína pelo Partido Verde (PV), o deputado estadual Issam Saado está em débito com o município que deseja administrar. A dívida no valor de R$ 91.852,82 é referente ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Os dados estão disponíveis para consulta de qualquer cidadão no site da prefeitura (basta inserir o CPF do deputado).

Eleito em 2018 para o primeiro mandato, o parlamentar tem cinco imóveis registrados em seu nome, dois na principal avenida comercial da cidade, a Cônego João Lima, avaliados em cerca de R$ 1,4 milhão cada um.

Um desses imóveis com valor milionário possui débitos referentes aos anos de 2012, 2016, 2017, 2019 e 2020, totalizando R$ 63.122,12. Porém, ainda não há ação de execução fiscal contra o deputado.

Somente um imóvel do parlamentar, localizado na Rua Vereador Falcão Coelho, está em dia com o pagamento de IPTU.

O patrimônio declarado por Issam Saado ao TSE nas eleições 2018 foi de R$ 4,3 milhões, praticamente tudo em imóveis.

DETALHAMENTO

1 - Cônego João Lima, centro – Dívida de 2012 e 2020 - R$ 12.261,20. Valor do imóvel: R$ 1.309.924,4.

2 - Cônego João Lima, Vila Rosário – Dívida de 2012, 2016, 2017, 2019 e 2020 – R$ 63.122,12. Valor do imóvel: R$ 1.490.474,7.

3 - Rua Vereador Falcão Coelho – Dívida de 2016, 2017, 2019 e 2020 - : R$ 6.546,49.

4 - Rua Assunção, Setor Anhanguera – Dívida de 2016, 2017, 2019 e 2020 - R$ 9.478,59.

5 - Rua Falcão Coelho – Dívida de 2020 (ainda não vencida) – R$ 444,42.

- O prazo para pagamento do IPTU de 2020 vence no dia 28 de fevereiro. 

O QUE DIZ O DEPUTADO

O deputado reconhece que há débitos em alguns imóveis, como nos localizados na Avenida Cônego João Lima, mas disse que na maioria dos casos a dívida já foi renegociada e paga, porém, acaba sendo cobrado novamente por falha da prefeitura.

"Devo não nego, pago quando puder", brincou o deputado. "Quando recebo a cobrança eu apresento o comprovante de pagamento e eles arquivam o processo. Sempre pago o IPTU dos meus imóveis", disse. Quanto aos demais, o parlamentar afirmou que vai negociar os débitos.   

OUTROS DEPUTADOS

A bancada estadual de Araguaína na Assembleia Legislativa é formada por cinco deputados. Desses, a ex-prefeita Valderez Castelo Branco (PP) e Olyntho Neto (PSDB) não possuem nenhum imóvel registrado em nome próprio.

Jorge Frederico (MDB), outro pré-candidato a prefeito, tinha débitos e ação de execução judicial, mas quitou tudo após o caso ser noticiado na imprensa.

Elenil da Penha (MDB), que também está de olho na prefeitura, possui dois imóveis sem nenhum débito.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.