Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

Wanderlei Barbosa desiste de candidatura à prefeitura de Palmas, afirmam fontes do Palácio Araguaia

Por Arnaldo Filho 4.022
Comentários (0)

20/02/2020 10h42 - Atualizado há 1 mês
Vice-governador Wanderlei Barbosa

Fontes palacianas afirmam categoricamente que o vice-governador Wanderlei Barbosa (PHS) teria recuado da intenção de se candidatar a prefeito de Palmas, nas eleições de outubro de 2020. A informação também foi confirmada por pessoas bem próximas ao vice-governador.

Reunião na capital federal

Segundo informações, Barbosa teria ido a Brasília na tarde desta quarta-feira (19) e pousado em Palmas, oito horas mais tarde, já com o firme propósito de recuar da pré-candidatura. 

Ainda não é possível precisar com quais políticos ou líderes de partidários Wanderlei teria conversado, mas o certo é que a decisão está tomada e o Palácio Araguaia terá que convocar outro aliado da base para a disputa. 

Buscar outros pré-candidatos

Confirmado o recuo de Wanderlei Barbosa, vários outros pré-candidatos estão de olho na vaga, que vai contar com as bênçãos(?) palacianas. Os candidatos do Governo Estadual não ganham as eleições para a Prefeitura de Palmas desde o ano 2000.

Alguns soldados já estão dispostos a entrar na batalha. A deputada estadual Vanda Monteiro (PSL) já havia manifestado o desejo de concorrer ao cargo e goza de natural preferência, mesmo porque está muito ligada ao governo estadual. Logicamente, outra válvula de escape seria o deputado estadual Léo Barbosa (SD), filho do desistente. 

Peixes mais graúdos

Além deles, o deputado federal Carlos Gaguim (DEM), outro nome forte ligado ao Palácio, também pode aparecer nesse cenário prévio, como também o deputado federal Eli Borges (SD), que não beira muito o governo do Estado, mas também não se afasta. Enfim, o Palácio Araguaia tem várias alternativas com a desistência de Wanderlei, resta saber qual nome teria mais musculatura eleitoral.

Projeto a longo prazo

As mesmas fontes palacianas revelam que Wanderlei Barbosa estaria de olho na hipótese de se tornar governador em abril de 2022, após a provável renúncia de Mauro Carlesse (DEM), que não pode mais ser reeleito e, provavelmente, disputará uma vaga no Senado Federal. Neste caso, Barbosa assumiria o comando do Estado e nas eleições de outubro de 2022, tentaria a reeleição, o que lhe seria permitido pela legislação eleitoral.

Faca de dois gumes

Barbosa, por certo, colocou na balança a seguinte situação: se disputar a prefeitura de Palmas e ganhá-la, perderá a chance de se tornar governador por 4 anos e 8 meses; se perder a eleição municipal de 2020, assume o governo em abril de 2022, entretanto, chega desgastadíssimo para a disputa da reeleição em outubro.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.