23 anos

Jovem confessa que matou mulher enforcada e usou moto para arrastar corpo em Palmas

Corpo da mulher foi encontrado na Quadra 1.506 Sul, perto do estádio Nilton Santos.

Por Redação 4.096
Comentários (0)

10/08/2020 14h21 - Atualizado há 1 mês
Local onde o corpo da mulher foi encontrado

A 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa de Palmas (1ª DHPP) prendeu o suspeito de matar a mulher de 29 anos que foi encontrada com mãos e pés amarrados na Avenida LO-35, Quadra 1.506 Sul, nas proximidades do Estádio Nilton Santos, em Palmas.

O principal suspeito tem 23 anos e foi preso na manhã desta segunda-feira (10), mas já tinha sido localizado desde o dia 4 de agosto. Segundo a Polícia Civil, ele confessou o crime.

O jovem relatou à polícia que ele e a vítima se conheceram no dia 30 de julho e saíram juntos. A mulher foi com ele para uma residência e no local os dois se desentenderam.

Ainda conforme o autor confesso, a vítima o agrediu e ele a esganou, depois enforcou-a com uma corda e arrastou seu corpo em uma motocicleta no intuito de escondê-lo, mas acabou deixando o cadáver na rua após perceber que um veículo se aproximava.

O caso

O corpo da vítima foi encontrado no dia 31 de julho e apresentava sinais de esganadura, mãos e pés amarrados, trajava apenas calcinha, e com indícios de ter sido arrastado na via pública. A vítima era proveniente do interior do Estado e estava morando há dois meses na capital.

Conforme a delegada da 1ª DHPP de Palmas e responsável pelo caso, Luciana Coelho Midlej, o suspeito foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia mais

+ Corpo de mulher é encontrado seminu e com pés amarrados na região sul de Palmas

+ Delegado nega existência de maníaco e esclarece boatos sobre mulheres mortas em Palmas

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.