Futebol

Brasileirão, de A a Zebra: campeonato divertido, cheio de reviravoltas e controvérsias

Todas as previsões, por mais embasadas que sejam, não têm qualquer garantia de sucesso.

Por Redação
Comentários (0)

21/06/2021 12h44 - Atualizado há 1 mês
O Brasileirão começou!

O Campeonato Brasileiro finalmente começou. E, como todos os anos, alguns times largam como favoritos enquanto outros são candidatos ao descenso. Mas se o tempo nos ensinou algo é que o Brasileirão nunca é exatamente como se prevê. E por isso tudo se torna tão divertido e emocionante.

A grande pergunta de todos os anos sempre é: “quem vai ganhar?”. E já aqui não há resposta fácil. Existem bons chutes, baseados em uma análise de estrutura do clube, qualidade do elenco, competência do técnico, peso da camisa, força da torcida e retrospecto recente. Por esses critérios, são favoritos Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Atlético Mineiro, Internacional e São Paulo.

Porém a qualidade de um elenco pode ser drasticamente alterada, para o bem ou para o mal, no meio do torneio. Quando abrem as janelas de transferência, alguns jogadores são negociados para outros mercados. Seu time pode estar afinadíssimo, jogando por música e, de repente, saem dois ou três virtuosos, e tudo parece ir por água abaixo. Sem falar das contusões, que podem deixar peças-chave do clube no departamento médico por muitos meses. Por outro lado, uma grata surpresa que estava esquecida no mercado da Ucrânia pode chegar e melhorar a sua equipe.

E o que dizer da competência do técnico? Não importa quão grande seja, costuma desaparecer após três derrotas. Certamente veremos, mais uma vez, diversos treinadores vestindo o uniforme de bode expiatório. Afinal, apesar da nova regra do campeonato, continua sendo mais fácil demitir um do que mandar onze embora.

E ainda existe o peso da camisa, um termo muito bem apropriado. Além de vender bem, uniformes que “entortam varais” se impõem sobre adversários quando o time funciona. Quando vai mal, o peso obedece à universal lei da gravidade e puxa o time para baixo, às vezes a ponto de enterrá-lo na segunda divisão.

O Brasileirão 2021 ainda trará, ao menos por ora, uma desvantagem para os times mandantes, o futebol sem torcida, que afeta principalmente os times de massa como Flamengo e Corinthians, que têm na galera da geral seu 12º jogador. Tudo isso dito, os favoritos ainda são favoritos. Até que provem o contrário.

Mas um lado divertido do campeonato é que sempre surgem surpresas. Clubes que não estavam no radar e, sem mais nem menos, começam a fazer sucesso. Alguns até vencem o Brasileirão, como o Corinthians de 2017, e outros escapam de um rebaixamento certo, como o Fluminense de 2009. Sem uma bola de cristal eficiente, é difícil apontar a surpresa de 2021, mas bons chutes são Bragantino, Ceará, Bahia, Athlético Paranaense e América-MG, times que têm se estruturado e melhorado ano após ano.

Há também o pelotão intermediário, aqueles que provavelmente estarão no meio da tabela e, se o vento soprar a favor, conseguem algo melhor, como uma Copa Sul-Americana ou talvez uma Libertadores. Mas se soprar contra, podem ter problemas. Estão nesse grupo Atlético-GO, Fortaleza, Sport e até o Fluminense.

Outro aspecto emocionante do campeonato é que a disputa sempre acontece nas duas pontas da tabela: a de cima e a de baixo.  E embaixo costuma ser feroz, com briga até o último jogo. Este ano não deve ser diferente e, para colocar um pouco de pimenta na discussão, podemos ter um ou dois times tradicionais na inglória disputa da lanterna.

Santos e Corinthians precisam abrir o olho, porque ambos vêm flertando com o perigo nos últimos tempos. Para piorar, todo ano tem caído um time grande ou dois, como aconteceu na temporada passada. Outros candidatos à Série B em 2022 são alguns dos recém subidos: Cuiabá, Juventude e Chapecoense.

O fato é que de A a Zebra, o Brasileirão é sempre muito divertido, cheio de reviravoltas e controvérsias. E todas as previsões, por mais embasadas que sejam, não têm qualquer garantia de sucesso. Para fechar, guarde com carinho este artigo e o releia em 6 de dezembro de 2021, um dia após o término do campeonato. Você vai se assustar com os inúmeros acertos. Ou vai rir muito com a enorme quantidade de erros.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.