Pandemia

Região sul de Palmas registra disparada da covid-19; MPTO e MPF cobram ações urgentes

O Jardim Aureny III é o novo epicentro da doença na capital, com 80 casos da doença.

Por AF Notícias 1.579
Comentários (0)

20/06/2020 16h40 - Atualizado há 1 mês
O jardim Aureny III é o maior e mais populoso bairro da capital

Com o aumento dos casos de Covid-19 na região sul de Palmas, o Jardim Aureny III passou a ser o novo epicentro da doença na capital. Esse é o maior bairro da cidade.

Segundo o mapa de monitoramento do coronavírus, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na sexta-feira (19), já foram confirmados 80 casos da doença no Aureny III.

Outros bairros da região também registraram um aumento significativo no número de casos da doença. No Jardim Taquari, por exemplo, já foram notificados 44 casos, no Aureny I, 32 casos, no Aureny IV, 26, e o mesmo número de casos do Setor Sol Nascente.

A disparada da covid-19 na região chamou a atenção do Ministério Público do Tocantins (MPTO) e do Ministério Público Federal (MPF). Em reunião com representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), nesta sexta, os membros dos órgãos de fiscalização discutiram ações efetivas para minimizar o contágio, especialmente na região dos Aurenys e no Taquari.

PLANO DE AÇÃO

Diante desta realidade, os membros dos MP's requisitaram do Município remeta, até a próxima terça-feira (23), um Plano de Ação que envolva a busca ativa das pessoas que tiveram contato com os contagiados, bem como atuação da Secretaria de Desenvolvimento Social e Mobilidade Urbana com relação à proteção social, já que podem existir famílias vulneráveis, que apresentem dificuldades durante o isolamento de 14 dias, além da intensificar a fiscalização no comércio da região.

“Além da quarentena obrigatória para casos confirmados e suspeitos, buscar todos os contatos, proceder à testagem e garantir assistência de saúde e multidisciplinar para essas pessoas, especialmente as mais vulneráveis, deve ser prioridade na ação a ser implementada para esses bairros”, disse a promotora de Justiça Araína Cesárea D'Alessandro.

TESTAGEM

O Secretário de Saúde de Palmas, Daniel Zemuner, informou que o Município já tem dedicado atenção maior nas áreas periféricas e que estas regiões dispõem de Unidades de Pronto Atendimento e Unidade Sentinela, responsável pelo gerenciamento de risco à saúde. Ele ainda revelou a intenção de implantar, nos próximos dias, mais uma Unidade Sentinela.

Segundo ele, também será disponibilizada quantidade maior de testes no laboratório municipal, em razão da instalação de mais um aparelho de testagem, permitindo assim até 800 exames diários.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.