Segurança

UPA e Hospital Municipal de Araguaína terão vigilância armada 24 horas devido crescente onda de violência

Por Redação AF
Comentários (0)

15/01/2016 11h25 - Atualizado há 1 mês
A Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Araguaína Sul e o Hospital Municipal de Araguaína – HMA, gerenciados pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar – IBGH, ganharão um reforço na segurança a partir da próxima segunda-feira (18). As unidades receberão o serviço de vigilância, com um profissional em cada local durante 24 horas. De acordo com a diretora geral do HMA e da UPA de Araguaína, Jane Augusto Guimarães Gonçalves, o objetivo é assegurar a integridade física de pacientes e colaboradores e cuidar de segurança patrimonial. O serviço será prestado por uma empresa especializada. Segundo o IBGH, a vigilância será armada somente após os primeiros 15 dias. Na UPA já ocorreram várias tentativas de invasão por criminosos armados. No ano passado, um adolescente de 15 anos armado tentou matar um mulher enquanto ela aguardava o atendimento para sua tia, na sala de espera. A vítima conseguiu se salvar após se esconder dentro do banheiro. Violência em Araguaína Em 2015, 69 pessoas foram assassinadas em Araguaína, crescimento de 91% em relação ao ano anterior, segundo dados da Polícia Militar. O número representa uma média de 40,54 homicídios para cada 100 mil habitantes. Para se ter noção da gravidade, em 2014, a média nacional foi de 25,81. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que taxas acima de 10 por 100 mil habitantes configuram "nível de epidemia".

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.