Posse

'Nada substitui as pessoas', afirma chefe do MPTO ao empossar mais de 30 novos concursados

O último concurso para servidores havia sido realizado há 12 anos, em 2012.

Por Redação 1.080
Comentários (0)

24/06/2024 17h22 - Atualizado há 3 semanas
Servidores empossados e autoridades do MPTO

Notícias do Tocantins - Em uma manhã de muita alegria e de afirmação de comprometimento e dedicação ao serviço público nesta segunda-feira (24), o Ministério Público do Tocantins (MPTO) deu posse a 31 novos servidores aprovados no concurso público realizado este ano.

Após a assinatura dos termos de posse, o procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti, deu as boas-vindas aos novos integrantes. Ele lembrou que, embora o MPTO seja muito bem estruturado em termos de prédios, frota, equipamentos e recursos tecnológicos, o corpo de pessoal da instituição continua sendo o seu principal recurso.

“Nada substitui as pessoas. Não teríamos um Ministério Público forte, como temos hoje, se não fosse o trabalho e a dedicação de cada um que compõe a instituição, os membros, servidores, estagiários e terceirizados”, numerou.

Casaroti também avaliou que neste ano de 2024, em que o MPTO completa 35 anos de existência, 24 de junho está marcada como a data mais importante, por se tratar do dia em que a instituição reforça seu quadro com novos servidores e também novos promotores de Justiça – estes últimos, a serem empossados em sessão solene, à tarde.

Em nome dos novos servidores, Arinaldo Araujo da Silva, empossado no cargo de técnico em informática, falou da realização de um sonho e do compromisso com o serviço público, representados pela assinatura do termo de posse.

“Hoje é um dia muito especial para todos nós. A realização de um sonho e a concretização do esforço, do suor e da vontade de ter a honra de ser nomeado como servidor efetivo do Ministério Público do Estado do Tocantins. Podem esperar o melhor de nós”, disse Arinaldo.

A presidente da Associação dos Servidores Administrativos do MPTO, Alane Torres de Araújo Martins, mencionou o quanto é importante que a recepção aos novos servidores aconteça em um momento solene, com a presença dos representantes da Administração Superior.

“É uma forma de acolher bem, com calor humano, os servidores que chegam, trazendo consigo conhecimentos, histórias e muitos sonhos. Que todos nós possamos trabalhar juntos, fazendo com que o Ministério Público cresça e entregue à sociedade tudo aquilo que faz parte do seu dever constitucional”, disse Alane Torres.

Sobre o concurso

Realizado como parte de um conjunto de ações estruturantes, o VI Concurso para Servidor do MPTO ofereceu 54 vagas para cargos de nível médio e superior, mais a formação de cadastro de reserva. O total de candidatos inscritos alcançou 15.708. Suas provas foram realizadas em março e o resultado foi homologado em maio. O concurso anterior para servidores da instituição havia sido realizado há 12 anos, em 2012.

Solenidade no auditório do MPTO

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.