Acúmulo de exames

Araguaína aguarda resultado de quase 800 exames para covid-19 enviados ao Lacen-TO

Os testes estão acumulados desde o dia 1º de julho.

Por Redação 693
Comentários (0)

09/07/2020 13h44 - Atualizado há 3 semanas
Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen)

A Secretaria Municipal da Saúde de Araguaína informou que aguarda o resultado de 796 exames RT-PCR que são realizadas pela Saúde do Estado. As amostras de swab foram coletadas pelo Município no período de 1º a 8 de julho, e enviadas para análise no Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen-TO).

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Abadia, a informação do laboratório para o acúmulo é a falta de kits de extração. “Já foram doados ao Lacen 5.000 kits de extração além de mais outros 15.000 insumos necessários para o processamento das amostras do teste de RT-PCR”, afirmou.

Desde o dia 1º ao dia 8 estão acumulados, consecutivamente por dia: 165, 44, 1, 52, 159, 53, e 214. “Essa demora faz com que o tratamento seja prejudicado, uma vez que a gente já estimou que as chances de cura são muito superiores quando o tratamento é iniciado precocemente", concluiu a secretária. Nesses dias, foram enviadas um total de 1.387 amostras.

Maior testagem

Desde o dia 25 de março, quando adquiriu a primeira remessa de testes rápidos para a covid-19, até o último dia 23 de junho, Araguaína já contava com o total de 10.342 testes realizados na rede pública municipal para diagnóstico da doença, segundo os dados da Vigilância Epidemiológica.

Considerando apenas os números da rede pública municipal, o índice de testagem é de 5.732 exames para cada 100 mil habitantes, sete vezes maior que a média nacional, de 766 testes para cada grupo de 100 mil pessoas.

Conforme a prefeitura, no comparativo com o Tocantins, que tem índice de 538 testes para cada 100 mil habitantes, a média de Araguaína é quase dez vezes maior e é também maior do que a média de todos os estados, segundo dados divulgados pelo site G1, com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e das secretarias estaduais de Saúde. O estado com maior índice de testagem é o Amapá, com 4.433 testes para cada 100 mil habitantes.

O QUE DIZ A SES

"A Secretaria de Estado da Saúde (SES) explica que mesmo após a suspensão repentina do Ministério da Saúde (MS) no fornecimento de kits de extração para a realização de testes Covid-19, o Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen/TO) continuou realizando testes de RT-PCR.

Informamos ainda, que as amostras coletadas nas Unidades de Saúde são recebidas e triadas, considerando as prioridades elencadas, com resultados liberados em até 48h. As demais amostras referentes a casos com sintomas leves, estão sendo encaminhadas para o laboratório da FIOCRUZ/RJ, conforme recomendações do MS.

A SES esclarece que as amostras encaminhadas pelo município de Araguaína, que ainda não tiveram resultado divulgado, não estão enquadradas no critério de prioridade para análise, ou seja, não são pacientes hospitalizados na rede pública e privada, suspeitos para Covid-19; pacientes elegíveis para doação de órgãos e os óbitos suspeitos.

A Secretaria informa que está providenciando aquisição emergencial e licitação para abastecimento regular dos insumos e reagentes pelo período de 12 meses, e que diariamente estão sendo realizados 300 testes no Lacen/TO."

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.