Candidato a vereador em Cachoeirinha tem candidatura cassada e fica inelegível

Por Redação AF
Comentários (0)

04/10/2012 21h37 - Atualizado há 1 ano
<span style="font-size: 14px; ">A Justi&ccedil;a ao analisar a A&ccedil;&atilde;o de Investiga&ccedil;&atilde;o Judicial Eleitoral ajuizada pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico, cassa a candidatura do vereador de Cachoeirinha do Tocantins Abidnego Fernandes da Silva e seus direitos pol&iacute;ticos por abuso de poder econ&ocirc;mico. A decis&atilde;o &eacute; do Juiz da 9&ordf; Zona Eleitoral, Helder Carvalho Lisboa, proferida no &uacute;ltimo dia 03.</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">De acordo com as informa&ccedil;&otilde;es expostas pelo Promotor Eleitoral Celsimar Cust&oacute;dio na A&ccedil;&atilde;o, o candidato induziu eleitores de outros munic&iacute;pios a transferirem de maneira irregular os t&iacute;tulos eleitorais para Cachoeirinha do Tocantins. A investiga&ccedil;&atilde;o realizada pela Pol&iacute;cia Federal constatou que Abidnego abordava os eleitores oferecendo a quantia de R$ 50 (cinquenta reais), al&eacute;m de proposta de emprego ou qualquer outro tipo de vantagem, a ser cumprida t&atilde;o logo assumisse o cargo de vereador. Al&eacute;m disso, prometia aos eleitores que nos dias das elei&ccedil;&otilde;es iria encaminhar um ve&iacute;culo particular para transport&aacute;-los at&eacute; o local de vota&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> Segundo o MPE, n&atilde;o bastasse isso, o candidato passou a entregar aos eleitores comprovantes falsificados de contas de energia el&eacute;trica, com nome dos eleitores ou de parentes para justificar a transfer&ecirc;ncia do domic&iacute;lio eleitoral junto ao Cart&oacute;rio Eleitoral. Em dilig&ecirc;ncia de busca e apreens&atilde;o na resid&ecirc;ncia do acusado, a pol&iacute;cia encontrou instrumentos de inform&aacute;tica utilizados na falsifica&ccedil;&atilde;o dos documentos.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.