Gurupi

Conhecida como mãe dos pobres, Goiaciara Cruz morre aos 67 anos vítima da Covid

Ela foi professora, primeira-dama, deputada federal e secretária.

Por Redação 1.771
Comentários (0)

21/08/2021 09h18 - Atualizado há 11 meses
Goiaciara Cruz tinha 67 anos

Faleceu neste sábado (21) a ex-primeira-dama de Gurupi e ex-deputada federal Goiaciara Tavares Cruz, aos 67 anos. Ela estava internada desde o dia 16 de agosto no Hospital Regional da cidade lutando contra a covid-19, mas não resistiu às complicações da doença.

Professora, Dona Goiaciara era viúva do ex-prefeito João Cruz, que faleceu em 2008, foi secretária municipal e assumiu o mandato de deputada federal de 7 de maio de 2013 a 4 de outubro de 2013, após ter ficado como primeira suplente.

Nomeada em janeiro de 2011, ela também foi secretária Extraordinária Metropolitana da Região Sul durante o último governo de Siqueira Campos.

Conhecida como mãe dos pobres, Goiaciara começou sua jornada política em meados dos anos 80 e abraçou as causas sociais.

Goiaciara nasceu em 07 de abril de 1954 em Cristalândia (TO).

NOTAS DE PESAR

Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento de Dona Goiaciara Cruz, viúva do saudosíssimo, João Cruz. Ela foi mais uma das vidas ceifadas pela Covid-19, estava internada desde o dia 16 de agosto, mas não resistiu e faleceu neste sábado, 21, em Gurupi. 

Ainda que consternado por sua passagem,  venho relatar sobre o exemplo de força e coragem que foi Goiaciara Cruz. Uma mulher que sempre esteve presente na vida pública e que lutou pelo bem estar de todos os tocantinsenses, em especial, por Gurupi, onde foi primeira-dama e secretária municipal. Chegou assumir, como suplente, o cargo de Deputada Federal. 

Mulher, mãe, professora, guerreira, enfim, uma pessoa que dedicou a vida a ajudar os mais carentes e fez disso sua missão. 

Deixo registrada minha solidariedade aos familiares e amigos. Todo o Tocantins sente sua perda.

Tom Lyra | Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços

________________________

Com pesar, soube do falecimento, na manhã deste sábado, 21 de agosto, da ex-primeira-dama de Gurupi e ex-deputada federal Goiaciara Cruz, vítima da Covid-19.

Muito querida em Gurupi, Goiaciara Cruz era viúva do saudoso João Cruz.

Ela deixa um legado de amor pela cidade e de participação feminina na política. A sua partida, com certeza, é uma perda enorme para o Tocantins e, principalmente, para toda a região Sul do Estado.

Deixo aqui meus sinceros votos de força e conforto a todos os familiares e amigos de Goiaciara, bem como a toda a população de Gurupi.

Ronaldo Dimas | Presidente estadual do Podemos

_________________________

É com profundo pesar que a Prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e o Vice-prefeito, Gleydson Nato, lamentam o falecimento da ex-primeira-dama de Gurupi, Goiaciara Tavares Cruz, de 67 anos, ocorrido neste sábado, 21.

Goiaciara Cruz era viúva do ex-prefeito de Gurupi, João Lisboa da Cruz e, ao lado dele, teve parcela significativa de contribuição ao desenvolvimento da cidade, atuando com muita dedicação e amor, sobretudo nas causas sociais. Goiaciara também foi deputada federal pelo Tocantins como suplente e sempre será lembrada como uma grande líder política, mulher guerreira, amiga, acolhedora, que ficará eternizada na memória e no coração do povo gurupiense.

Neste momento de dor, a Prefeita e o Vice-prefeito se solidarizam com familiares e amigos e rogam ao Pai pelo consolo aos corações que choram essa perda.

Josi Nunes | Prefeita de Gurupi

Gleydson Nato | Vice-prefeito de Gurupi

_________________________

Gurupi amanheceu triste neste sábado, 21, pela partida da nossa querida Goiaciara Cruz, mulher guerreira que tanto contribuiu para o desenvolvimento do município e da região Sul. 

Seja no exercício da profissão de professora ou na condição de primeira-dama do saudoso prefeito João Cruz, ela sempre se destacou no trato com as pessoas, sendo verdadeira fortaleza para muitas famílias gurupienses, o que lhe fez conhecida como 'Goiaciara do Povo'. Após o falecimento do seu parceiro de vida, Dona Goiaciara demonstrou imensa grandeza e espírito coletivo, mantendo firme o propósito de buscar melhorias para Gurupi, tornando-se uma referência política e social no Tocantins.

Sua partida deixa um enorme vazio no coração de todos aqueles que foram tocados pelos projetos e ações desenvolvidos por ela ao logo da vida.

Neste momento de profunda dor, solidarizo-me com todos os familiares e amigos, em especial, com os seus filhos e netas, rogando a Deus que os console e traga o conforto para superar esta dor. Rogo ainda ao Pai Celestial que receba Dona Goiaciara em sua morada, com o carinho que ela sempre dedicou ao povo de Gurupi.

Adriana Aguiar | Secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes

_______________________

 

Este sábado, 21 de agosto, amanheceu triste e doloroso para mim e todos os gurupienses. Fomos tomados pela notícia do falecimento da "Mãe dos pobres", como era, com muita propriedade, conhecida minha querida amiga e ex-primeira dama de Gurupi, Goiaciara Tavares Cruz. Infelizmente, ela se tornou mais uma vítima da covid-19.

O título de mãe dos pobres surgiu, naturalmente, de uma vida dedicada em ajudar as famílias mais carentes e em situação de vulnerabilidade social em Gurupi. Independente de ideologias políticas, Goiaciara sempre estava à serviço para ajudar quem quer que precisasse.

Goiaciara, além de seus cinco filhos e uma neta, deixa inúmeros cidadãos gurupienses órfãos de sua assistência, mas sobretudo, de seu amor, carinho e dedicação com que sempre atendeu aos carentes pelos quais dedicou sua vida.

Em lágrimas, clamo para que o Espírito Santo de Deus conceda o consolo, que somente pode vir de nosso Pai Celeste, aos seus familiares, a nós amigos e a todos os gurupienses. Tenhamos em mente, sempre, o desprendimento e a alegria com que Goiaciara viveu, em favor e amor ao próximo.

Mauro Carlesse | Governador do Estado do Tocantins

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.