Pista perigosa demais

Em péssimas condições, trecho da BR-226 fica conhecido como 'pista da morte' no Tocantins

A pista possui desníveis e ondulações num trecho de 30 km.

Por Márcia Costa 1.311
Comentários (0)

05/12/2020 09h40 - Atualizado há 1 mês
Ondulações na pista

As péssimas condições da rodovia federal BR-226, entre os municípios de Wanderlândia e Darcinópolis, norte do Tocantins, têm preocupado os motoristas e ocasionado graves acidente, inclusive com vítimas fatais. 

Quem trafega pela rodovia precisa redobrar a atenção em razão dos desníveis e ondulações na pista, sendo obrigado a invadir a contramão ou trafegar pelo acostamento. O trecho está tão perigoso que passou a ser chamado entre os motoristas de "pista da morte".

"Esse trecho da rodovia é muito perigoso! Todo mundo já conhece como a pista da morte, pois muita gente já morreu aqui. Há anos que a rodovia está desse jeito e até agora nenhum serviço foi feito para resolver o problema. Inclusive, sabemos de casos em que pessoas da mesma família se acidentaram duas vezes no mesmo lugar. É muito perigoso! O motorista não pode nem tentar fazer uma ultrapassagem se não o carro capota”, disse Danilo Soares, motorista.

O QUE DIZ O DNIT

No início de 2020 o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) chegou a afirmar que executaria um projeto de recuperação até o fim do primeiro semestre. Questionados sobre os serviços, que ainda não foram iniciados, o Dnit informou que "está em andamento o processo licitatório que contemplará as correções necessárias do pavimento da BR-226/TO, assim como os serviços de manutenção rotineira".

O processo licitatório ainda está na fase de análise de documentação da empresa vencedora do certame, disse o Dnit.

Trecho apresenta desníveis

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.