Ação judicial

Ex-detento que processou AF Notícias perde ação e ainda terá que pagar R$ 6 mil

O advogado Arnaldo Filho disse que a Justiça não é lugar para aventuras e espertezas.

Por Redação 4.138
Comentários (0)

11/02/2019 08h18 - Atualizado há 2 meses
Fórum de Araguaína

A justiça negou um pedido de indenização de um ex-detento do Presídio Barra da Grota contra o AF Notícias e ainda o condenou ao pagamento de custas e taxa judiciárias e honorários advocatícios no valor de R$ 6 mil, correspondente a 10% sobre o valor total da causa. A sentença foi proferida pelo juiz Álvaro Nascimento Cunha, da 3ª Vara Cível de Araguaína na última quinta-feira (7).

Jhonathan Pawmer Ferreira Carvalho ingressou com a ação em 2017 alegando que sofreu abalo moral em razão de notícia informando que ele seria julgado por homicídio, mas o correto seria de "tentativa de homicídio". O ex-detento pedia 60 mil reais de danos morais de três veículos de comunicação.

Porém, o advogado Arnaldo Filho argumentou que o portal de notícias não cometeu nenhum ato ilícito ao noticiar o fato, pois não agiu com má-fé e nem emitiu juízo de valor. Citou também que o ex-detento já tinha sido preso por furto, por posse de droga e condenado pela tentativa de homicídio.

Ao analisar o caso, o juiz disse que a honra de Jhonathan não foi afetada pelo engano do portal ao noticiar o julgamento, mas pelo ato de ele querer matar alguém.

“Quem atinge uma pessoa com golpe de faca no pescoço não quer apenas causar lesão corporal. A finalidade é eliminar o ofendido até com indiscutível toque de crueldade. E quem é capaz disso não está preocupado em tentar resguardar algo chamado honra e imagem perante seus parentes ou na sociedade em que vive”, afirmou o juiz.

O advogado Arnaldo Filho elogiou a decisão. "Há quase dez anos o portal AF Notícias faz jornalismo respeitando os princípios éticos, morais e atuando em defesa do cidadão de bem. Essa decisão reforça o nosso trabalho sério e mostra que a Justiça não é lugar para aventuras e espertezas, valendo-se do próprio erro", concluiu.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.